Um pedido antigo dos moradores de Gravatá, obra da UPA será concluída

16 de junho de 2021

Construtora inicia trabalho de conclusão do futuro equipamento de saúde já nesta quinta-feira (17), após assinatura da Ordem de Serviço em apenas seis meses da nova gestão municipal


Um dos grandes pedidos dos moradores de Gravatá é o cuidado com a saúde, que até pouco tempo sofreu com o descaso e uma das marcas disso foi a obra da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, que estava parada e transformou o prédio em um elefante branco na cidade.

Mas em apenas seis meses da gestão do prefeito Padre Joselito, o que era um sonho vai se tornar realidade e vai atender os moradores da cidade em breve.

A Ordem de Serviço da obra de conclusão da UPA foi assinada na tarde desta quarta-feira, 16 de junho, data que vai ficar marcada por mais essa conquista do povo gravataense.

O responsável pela obra, Mário Cirilo, da Construtora MOC, falou da responsabilidade em assumir uma obra tão emblemática para a cidade.

“Esta obra terá início nesta já nesta quinta-feira, dia 17 de junho, quando vai ser dado o pontapé inicial da obra de reforma da tão esperada UPA aqui de Gravatá. É com muita honra que a minha empresa ganhou o certame, que foi um pregão eletrônico. Nós somos de João Pessoa, na Paraíba, mas a gente atua em Pernambuco. Eu fiquei até surpreso pela importância dessa obra para população de Gravatá, eu nunca vi uma obra tão aguardada como essa daqui. Eu fiz 15 obras ano passado, em 2019 mais 12, então nunca uma obra foi tão importante para a população como essa. Então eu venho salientar que a minha equipe vai se dedicar o máximo para finalizar essa obra o mais rápido possível. O cronograma é de seis meses, mas a gente vai tentar finalizar antes. Espero contar com o apoio de toda equipe da prefeitura para que a obra caminhe o mais rápido”, falou o empreiteiro.

O deputado estadual Waldemar Borges destacou que o motivo desta obra não avançar na gestão anterior não foi por falta de verba. 

“A Prefeitura de Gravatá vai gastar algo em torno de R$380.000,00 para concluir e entregar este equipamento de saúde pública ao povo de Gravatá. Um equipamento muito reclamado, muito pedido pela população, mas um equipamento que durante todo processo eleitoral era usado nos discursos demagógicos daqueles que nunca tiveram compromisso com a solução do problema. Ficavam muito mais preocupados em tentar empurrar o problema para outros, acusar outras gestões ao invés de resolver. Veja bem: essa obra vai custar R$380.000,00. Um banheiro que foi feito aqui, durante o período eleitoral, custou R$300.000,00. Então ninguém pode dizer que era falta de dinheiro, ninguém pode dizer que passou quatro anos aqui olhando essa obra inacabada sem resolver o problema porque não tinha dinheiro. O que faltava era compromisso, o que faltava era competência, o que faltava era disposição de resolver os problemas que mais afligem o povo de Gravatá, mas foi o povo de Gravatá que acertou nas eleições fazendo a melhor escolha daquele que tem de fato esse compromisso com a população. Votou em quem era melhor, quem tinha compromisso e com 380.000 reais nós estamos concluindo uma UPA ao invés de pegar 300.000 reais e fazer um banheiro”.

O secretário de Saúde de Gravatá, José Edson, falou do compromisso assumido com os moradores. “Essa gestão ela veio para resolver muitos problemas na saúde de Gravatá. Então isso nos deixa muito felizes de estar trabalhando aqui e ter o apoio do prefeito padre Joselito para que todas as obras sejam tocadas da melhor forma possível e, no caso dessa obra, concluída e equipada. Então nós temos a conclusão e equipamento desta UPA que vai funcionar 24 horas com bom serviço para população de Gravatá. Sem dúvida nenhuma é um presente que o prefeito Padre Joselito está trazendo para o povo de Gravatá”.

O vice-prefeito, Júnior Darita, falou do orgulho em fazer parte dessa conquista do povo. “Nesse momento de pandemia, quando os protocolos sanitários precisam ser obedecidos, então a saúde tem que ser fortalecida pra gente vencer esse mal que é esse Covid-19. A gente tem uma UPA para poder desafogar nosso hospital. É uma vitória fantástica e é uma reivindicação de mais de uma década do gravataense e que sempre havia essa descrença de que essa UPA iria de fato funcionar. Foi promessa de campanha do padre Joselito e Darita, já fiz vídeos aqui e já lutamos para que essa realidade acontecesse e você gravataense vai compartilhar conosco de um serviço de alta qualidade. Aqui os profissionais serão treinados para atender bem, você vai ser acolhido, vai ser atendido e Gravatá vai poder bater no peito e dizer: nós temos a nossa UPA, entre outras vitórias que nós estamos apresentando e que ainda vamos apresentar pra vocês. Compromisso com as pessoas, vitória do povo”.

Para o prefeito Padre Joselito “Aqui está uma obra tão desejada pela população de ser concluída e poder funcionar e eu já que estamos assinando esta Ordem de Serviço para que amanhã o trabalho de conclusão desta obra possa ser iniciado, que durante alguns anos ficou aí parada ou no esquecimento. Como bem disse o deputado Waldemar Borges, quem está de parabéns é a população de Gravatá. Nossa gestão vai continuar caminhando com este propósito de focar naquelas necessidades que a população foi apresentando, porque o nosso compromisso é com as pessoas”.

Participaram da solenidade a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude, Viviane Facundes, o vice-prefeito e secretário municipal de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Júnior Darita, o secretário municipal de Saúde, José Edson, e os executivos Frailan Mota e Maria Araújo, o secretário municipal de infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano, Ricardo Malta, a secretária municipal da Mulher, Ester Gomes, o secretário de Comunicação Social e Imprensa, Rodolfo Lima, o chefe de gabinete, Lucas Noia, a secretária executiva de Governo, Daniella Caroline, o secretário executivo de Turismo, Ricardo Machado, a coordenadora da Vigilância em Saúde, Tárcila Saborido, o coordenador de Vigilância Epidemiológica, Erik Tavares, o gestor administrativo de Atenção Básica de Gravatá, Jandilson José, o coordenador de Atenção Primária em Saúde de Gravatá, Jairo Teixeira, a diretora do Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga Pessoa, Ana Araújo, e o coordenador do Posto 1, Júnior Vasconcelos.  

Os vereadores Cabritinha, Nego Suíno, Neném de Uruçu, Leandro do Transporte Alternativo e Zé da Saúde também estiveram presentes na breve solenidade.


Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Anderson Souza (SECOM)

 

Last modified: 16 de junho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content