Secretaria de Assistência Social e Juventude de Gravatá realiza entrega de leite na zona rural

11 de fevereiro de 2021

O Programa Leite de Todos atende preferencialmente idosos,
grávidas e crianças cadastradas nos CRAS do município

 

A Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Assistência Social e Juventude, realizou entregas de leite para famílias que moram na área rural da cidade na quarta-feira (10). A entrega faz parte do Programa Leite de Todos, do Governo Federal e do Governo do Estado, e busca reduzir as deficiências nutricionais das famílias em situação de vulnerabilidade e risco social.

As pessoas que têm direito de receber o leite do programa são crianças de dois a sete anos, gestantes, nutrizes até os seis meses e idosos a partir de 60 anos que estão cadastrados nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

A agricultora Maria de Fátima Santos, de 68 anos, é moradora do distrito de Uruçu-Mirim e foi uma das pessoas que recebeu o leite. Ela disse que “faz cinco anos que minha menina estuda, mas nunca recebeu esse leite porque diziam que ela não tinha esse direito, mas agora disseram que eu poderia pegar porque sou idosa e eu vim. Vou fazer papa, vitamina, comer pãozinho com leite, cuscuz. Com essa caristia que estamos vivendo, apenas um salário para tudo, esse leite já ajuda”, destaca.

Viviane Salgado é gerente de Atenção Básica de Gravatá e explicou a logística da entrega dos leites: “Estaremos realizando as entregas, uma ou duas vezes por semana, dependendo da necessidade da população, para garantir o direito alimentar através dos acompanhamentos que a gente realiza com as equipes técnicas dos CRAS e de forma intersetorial, envolvendo as políticas públicas da saúde, educação e assistência e atender as famílias da zona rural de forma integral”, explicou.

A primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude, Viviane Facundes, acompanhou a equipe técnica que fez a distribuição nesse primeiro dia. Ela literalmente tomou a direção da ação, conduziu o veículo que levou os profissionais, e acredita que essa entrega é uma missão.

“Nossa gestão chega com o compromisso de garantir o direito à segurança alimentar das pessoas que se encaixam no quadro. Elas têm o direito, mas ele não estava sendo garantido. Existia uma lista, cadastros, porém o leite nunca chegou a essas comunidades. Mesmo não sendo um alimento essencial, faz falta no dia a dia e estamos aqui para ampliar e garantir esse direito para quem tem direito”, ressalta a secretária.

Neste primeiro dia, foram entregues 120 leites às famílias de Uruçu-Mirim e São Severino e aos moradores do Lar do Amparo ao Idoso, em Mandacaru. As próximas entregas serão nos distritos de Avencas e Mandacaru.

Reportagem: Ana Paula Figueiredo
Fotos: Nilson Silva (SECOM)

Last modified: 11 de fevereiro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content