Jazz, blues, funk raiz, soul music e até rock’n roll ditaram o ritmo da terceira noite de apresentações do Gravatá Jazz Festival 2020

25 de fevereiro de 2020

Fotos: Fernando Da Hora/ SECOM-Gravatá

O terceiro dia do Gravatá Jazz Festival 2020 teve jazz, blues, funk raiz, soul music e até rock’n roll. O evento, que está sendo realizado durante as noites de Carnaval no Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar, tem atraído gravataenses e visitantes ao festival que é considerado a melhor opção para quem quer fugir do frenesi carnavalesco.

Foi com essa intenção que o recifense Luiz Gonzaga veio ao GJF. Acompanhado da esposa, Fátima Tigre, ele conta que o evento superou suas expectativas.

“Sempre ouvi falar muito bem do festival, mas nunca tive a oportunidade de vir. Todo Carnaval nós viajamos para algum lugar reservado para desfrutar de um pouco de paz, mas encontramos isso aqui também, acompanhado de uma programação excelente, ideal para quem curte uma boa música.

A recifense Poliana Santos também veio pela primeira vez ao festival e contou que vai indicar para todos que conhece.

“Estou amando tudo. Fui recomendada por uns amigos e já vim sabendo que era bom, mas ao chegar aqui fiquei impressionada porque era muito melhor do que eu imaginei. Todas as atrações incríveis, não deixou nada a desejar. Acredito que nos próximos anos a Prefeitura terá que preparar um lugar mais amplo”, 

 

“Já venho há três anos e nunca deixarei de vir. A gente roda o Brasil inteiro, mas nosso Carnaval tem que ser em Gravatá porque não dá para encontrar em lugar nenhum um evento como esse. É muito bom”, falou Isídio Florentino, que veio da cidade de Princesa Isabel, na Paraíba, com o grupo de motociclistas No Limits.

Os responsáveis por comandar a noite do GJF e fazer apresentações que ficaram para a história do festival foram a Moda de Rock, Mark Lambert, Bruno Marques e Di Steffano, além da participação especial de Lorenzo Thompson.

Mais uma vez, o evento promoveu o tradicional concurso de frases sobre o GJF, onde as duas melhores foram premiadas com instrumentos musicais profissionais. O Gravatá Jazz Festival 2020 é uma realização da Prefeitura de Gravatá, a produção executiva é de Jackson Rocha, da Promundo, e a produção e a curadoria são do musico Giovani Papaleo.

A edição 2020 do GJF se despede nesta terça-feira com shows de Dudu Lima, Uptown Blues Band, Liv Moraes e Serial Funkers. As apresentações têm início a partir das 20h.

Last modified: 25 de fevereiro de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content