Hospital de Gravatá contará com a abertura de dez leitos de tratamento intensivo (UTI)

4 de março de 2021

O prefeito de Gravatá padre Joselito participou da vistoria no local
onde irão funcionar os leitos de terapia intensiva em parceria com o Governo do Estado

Na noite da quarta-feira (03), o prefeito de Gravatá, padre Joselito, acompanhado do deputado estadual Waldemar Borges esteve no Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa para vistoriar uma área do equipamento que receberá 10 leitos de UTI para atender pacientes vítimas da COVID-19, ação que contará com o apoio do Governo do Estado.

Com isso, o município de Gravatá contará com a abertura de leitos de terapia intensiva para atuar no enfrentamento ao novo coronavírus. Nesse primeiro momento, estiveram presentes também o secretário de Saúde de Gravatá, José Edson, o diretor da OSS Tricentenário, Gil Brasileiro, o engenheiro do Tricentenário, Ricardo Júnior, e funcionários do hospital.


“Estamos virando aquela página onde o hospital de Gravatá era apenas uma casa de passagem. Com muito trabalho, articulação e credibilidade da gestão estamos trabalhando para que a gente possa fazer essas parcerias”, enfatiza o deputado estadual Waldemar Borges.

O prefeito de Gravatá, celebra a conquista para a cidade e destaca o avanço no serviço de saúde. “A população pediu insistentemente uma saúde de qualidade e nós estamos correndo atrás e por isso que hoje aqui estamos, para falar que essa realidade no município é mais um sonho da população. Quero agradecer ao deputado Waldemar Borges sempre buscando o melhor para Gravatá”, disse o prefeito ao desejar que a população permaneça em casa, se cuidando para não precisar passar pelo serviço de terapia intensiva. “Estamos trabalhando para cuidar das pessoas, mas, ao mesmo tempo desejo que a população não precise do serviço e que todos possam combater a pandemia sem precisar passar por leitos de UTI”, conclui.
Fotos: Nilson Silva (SECOM)

 

Last modified: 4 de março de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content