Escola municipal de Mandacaru recebe mesas e cadeiras

13 de maio de 2021

O reforço está sendo pensado no retorno das aulas presenciais assim que passar a restrição por causa da pandemia

Os alunos da Escola Municipal Intermediária João Paulo I, no distrito de Mandacaru, vão encontrar mesas e cadeiras em ótimo estado assim que as aulas presenciais retomarem na Rede Municipal de Ensino de Gravatá.

Por enquanto, as aulas ainda seguem de forma remota, pelo aplicativo WhatsApp, por causa da pandemia do novo coronavírus. 

O reforço das 55 mesas e cadeiras será importante para os alunos da escola, que são estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II.

Débora Florentino de Melo é diretora da escola e ela fala porque precisou pedir esse reforço. “Quando a gente assumiu a escola no mês de janeiro, vimos a necessidade de ter um levantamento em todo prédio, todo mobiliário e tudo o que faltava na escola. Então, foi constatado que muitas bancas estavam em condições precárias e, por isso, pedimos à secretária Ninha Professora, junto com a diretora de inspeção, Alessandra, e agora nós estamos sendo atendidos. Podemos voltar às aulas a qualquer momento e sentimos a necessidade de dar esse melhor acolhimento aos nossos estudantes. Agradecemos pelo pedido atendido pela secretária e pela diretora de inspeção e pela atenção com nossos alunos”.

A diretora de inspeção da Secretaria de Educação do município, Alessandra Facundes,  reforça o motivo em atender o pedido da escola da área rural de Gravatá. “Nós da inspeção vimos a necessidade dessa escola, porque as bancas estavam bastante danificadas, então a diretora da escola fez o pedido e hoje estamos fazendo a entrega das bancas novas. E assim que as aulas começarem, que se Deus quiser será logo, quando os alunos chegarem na escola vão ter bancas adequadas, pois assim eles vão se sentir confortáveis e certamente aprendem melhor”.

O mobiliário entregue à escola em Mandacaru não foi nova aquisição. Para surpresa da equipe da Secretaria de Educação, os móveis estavam estocados em uma sala na Escola Municipal da Serra. “Fomos surpreendidos com esse mobiliário. Pois, não recebemos a informação da existência desse material durante a transição. E, ao visitarmos a Escola da Serra, encontramos uma sala fechada com número considerável de mobiliário escolar, entre cadeiras e mesas novas e velhas”, destaca Alessandra.

 

_Reportagem: Ana Paula Figueirêdo_

_Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)_

 

 

Last modified: 13 de maio de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content