XI Congresso de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco tem início em Gravatá nesta terça-feira (09)

9 de abril de 2019

Foto: Ricardo Labastier/SECOM Gravatá

Sob a temática “Perspectivas para o SUS: Fortalecimento da Gestão Municipal e os desafios do cenário atual”, foi realizado, na manhã desta terça-feira (09), o credenciamento do XI Congresso de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco no hotel Portal de Gravatá. O evento reuniu representantes dos 185 municípios do estado e tem o objetetivo de discutir e traçar metas com relação às políticas públicas voltadas para a saúde de todo o estado pernambucano. O congresso acontece dos dias 09 a 11 de abril, próxima quinta-feira.

A Secretária de Saúde, Fernanda Santana, comentou sobre os objetivos do congresso e sobre a relevância para o município.

“Esse é um momento de fortalecimento e de união de forças, através das reivindicações e contribuições vindas de todos os municípios pela melhoria da saúde pública no estado. Gravatá está trazendo, neste encontro, as propostas e desafios vivenciados pelo município. É a partir da nossa experiência que podemos colaborar para a elaboração de políticas públicas que favoreçam a qualidade da saúde de todos os gravataenses. É importante que os municípios evoluam juntos através de parcerias e que construam conhecimento uns com os outros”.

Durante o congresso, acontece, ao mesmo tempo, o 69º Encontro de Secretários (as) Municipais de Saúde e Assembleia Geral e a 3º Mostra Pernambuco Aqui Tem SUS. A mostra acontece no primeiro dia do evento e propõe a discussão e apresentação dos dados relativos ao quadro de evolução do Sistema Único de Saúde – (SUS), as melhorias adquiridas pelo estado e as conquistas do sistema nos últimos anos. Ainda na noite do primeiro dia do congresso, ocorre o encontro dos secretários municipais, ao lado da abertura solente do evento, momento em que também será realizada a posse da nova Diretoria Executiva, Diretoria Executiva Ampliada e Conselho Fiscal do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco – (COSEMS).

No segundo dia do congresso, os participantes se dividem em grupos distintos divididos por temáticas específicas. É nesses grupos que os representantes de cada município apresentam as propostas de ações estratégicas que promovam o estabelecimento de metas para a melhoria da saúde pública nos próximos anos. Tais propostas costumam ser elaboradas nas pré-conferências que são realizadas em cada município antes do congresso estadual.

No ano de 2019, os grupos foram divididos pelos seguintes temas: Efetividade da Gestão de Custos em Serviços de Saúde; Financiamento e Orçamento e a Gestão dos Recursos Financeiros do SUS; Planejamento e Ferramentas DigiSUS – Módulo Planejamento (DGMP); Democratização das Informações em Saúde – Instrumentos de Ações do SUS; Auditoria do SUS, uma Ferramenta de Gestão.

Ao todo, cerca de 70 propostas foram inscritas. Destas, 51 já foram analisadas anteriormente e selecionadas para serem exibidas na quarta-feira (10). Do total, as 17 melhores propostas do estado serão escolhidas para serem apresentadas no XXXV Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) que acontecerá em Basília no mês de julho. É no congresso nacional que todas as melhores propostas do estado são apresentadas e votadas para a execussão das metas e estratégias nacionais para o desenvolvimento das políticas públicas que favoreçam o pleno funcionamento do SUS.

Os congressos estadual de saúde acontece a cada dois anos e é organizados pelo COSEMS. O encerramento do evento em Gravatá contará com uma palestra que discutirá o tema 2019 do congresso e finalizará com a leitura da Carta de Gravatá e com a premiação das Experiências Exitosas, além do sorteio de passagens aéreas para o congresso nacional.

Para que a realização do congresso estadual fosse possível no município de Gravatá, a equipe da Secretaria Municial de Saúde trabalhou na organização de todo o evento, tenha sido tanto na participação do credenciamento, quanto nas questões relacionadas ao apoio e à logísitica.

O Assessor do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (COSEMS), Paulo Dantas, explicou o motivo pelo qual Gravatá foi a cidade escolhida para sediar o congresso.

“Posso afirmar que este é o maior evento de saúde pública do estado. Não é a primeira vez que Gravatá sedia nossos eventos. Essa cidade é eleita por nós por ter um público receptivo, uma ótima rede de hotelaria, um clima agradável e uma ótima localização. Gravatá tem a estrutura perfeita para receber este tipo de acontecimento”.

Last modified: 9 de abril de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content