Tecnologia chinesa: espaços públicos de Gravatá são higienizados com quaternário de amônia

12 de maio de 2020

Fotos: Bruno Santana / SECOM Gravatá

A Prefeitura de Gravatá, através da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde, colocou em prática mais uma medida para conter o avanço do coronavírus na cidade. As lavagens de espaços públicos agora estão sendo feitas com amônia quaternária.

O trabalho teve início nesta terça-feira (12), no Açougue Público e nos Mercados de Farinha e Municipal. Esta é a mesma tecnologia de desinfecção usada em cidades chinesas. O produto age como uma película que mata os microorganismos que estão no local (vírus, bactérias, fungos e ácaros) e forma uma camada protetora que mantém o local desinfetado.

“Não estamos medindo esforços para minimizar os efeitos desta pandemia em Gravatá. Tudo o que está em nosso alcance, estamos fazendo, eu acredito que teremos um retorno positivo com mais esta medida. Por isso reforço o apelo para que todos fiquem em casa”, disse o prefeito.

 

“Esse trabalho será periódico, principalmente em áreas onde mais há fluxo de pessoas e que são comercializados alimentos. É mais uma medida importante nesta luta contra a Covid-19, visto que é comprovada a eficácia deste produto na eliminação de vírus e bactérias”, falou Constantino Neto, sanitarista.

Last modified: 12 de maio de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content