Sustentabilidade: Servidores municipais apresentam relatórios do programa A3P ao prefeito e secretários

20 de agosto de 2019

Fotos: Ricardo Labastier/ SECOM Gravatá

A comissão organizadora da Agenda Ambiental na Administração Pública – (A3P) do município de Gravatá promoveu nesta segunda-feira (19), no auditório da Secretaria de Educação, uma apresentação de relatórios com informações sobre os níveis de consumo de materiais nas secretarias e prédios públicos da cidade. O objetivo é traçar metas e estratégias que reduzam estes níveis de consumo, visando a construção de uma prefeitura sustentável, para a preservação do meio ambiente.

No encontro, a comissão apresentou dados que foram colhidos desde o mês de junho, com relação ao gasto de produtos utilizados em cada repartição pública durante esse período, como papel ofício e copos descartáveis, por exemplo.

“Todas as secretarias possuem representantes que fizeram esse trabalho diagnóstico. Com o levantamento, poderemos, agora, identificar os principais gastos e ver como reduzi-los. A medida consistirá em gerar uma economia dentro dos órgãos públicos, como a utilização de recursos naturais, descarte correto do lixo e reaproveitamento de materiais, por exemplo. Essas medidas irão melhorar a qualidade de vida de nossos funcionários e de todos os cidadãos que utilizam os serviços públicos,” explicou Mário Andrade, educador ambiental.

Os relatórios foram apresentados ao Prefeito Joaquim Neto e aos secretários municipais, que após as apresentações, já tomaram algumas medidas, como a decisão da substituição de copos descartáveis pelo uso de garrafinhas individuais para os servidores e a utilização dos dois lados de cada folha de papel, por exemplo.

“É possível fazer muita economia com atitudes simples. Isso gera um grande benefício ao meio ambiente e ainda reduz os gastos dos cofres públicos. Vamos fazer mudanças. Nosso dever de casa será nos tornarmos mais sustentáveis,” pontuou o prefeito.

 

A A3P é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem em suas rotinas práticas de sustentabilidade. A adoção do programa pela Prefeitura de Gravatá aconteceu em julho de 2019 e demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

Last modified: 20 de agosto de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content