Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2019 encerra com palestras e depoimentos

29 de agosto de 2019

Fotos: Ricardo Labastier / SECOM Gravatá

A Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que aconteceu de 21 a 28 de agosto, sob a temática para o ano de 2019 “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”, encerrou na tarde desta quarta-feira (28) em Gravatá com palestras e depoimentos que levaram conhecimento e inspiração aos presentes. A culminância das atividades foi realizada no auditório do CAIC.

Os psicólogos Alison Pereira e Catarina Parente falaram sobre o transtorno global do desenvolvimento, promovendo um debate acerca dos desafios enfrentados por pessoas com deficiência e das políticas públicas para promover a inclusão.

O momento também contou com a participação de Miguel Silva, que deu um depoimento sobre sua vida. Autista e pai de uma criança autista, Miguel contou sobre sua história de superação de preconceitos e limitações, através da construção de uma família, das suas relações pessoais e da formação profissional como programador de redes.

“Eu achei que foi muito boa a participação da comunidade. Esses foram momentos de troca de conhecimento e também de escutar a população para saber como precisamos melhorar as politicas públicas para promover uma qualidade de vida melhor para as pessoas com deficiência,” disse Simone Rocha, Presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência.

Durante toda a programação, foram realizadas pré-conferências nos distritos e na zona urbana do município, nas quais cada comunidade elaborou três propostas que serão apresentadas na II Conferência Municipal da Pessoa com Deficiência, que será realizada no dia 20 de setembro. Toda a população está convidada para participar e ajudar a criar projetos de desenvolvimento social e inclusivo para que sejam implantados a nível municipal, estadual e nacional.

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, instituída pela Lei Federal N°13.585 de 26 de dezembro de 2017, acontece todos os anos durante o período de 21 a 28 de agosto. O objetivo é abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para a inclusão. A iniciativa é uma realização dos estados e dos municípios, em parceria com a Federação Nacional das Associações de Pais e Amigos de Excepcionais – (APAES). No município, as atividades da semana foram coordenadas pelo COMUDE, pelo Centro de Inclusão Gravatá – (CIG) e Núcleo de Apoio Educacional Especializado – (NAEE).

Last modified: 29 de agosto de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content