Semana do Meio Ambiente: Alunos participam de aula de campo às margens do rio Ipojuca e de projeto ecológico nesta terça (04)

4 de junho de 2019

Fotos: Ricardo Labastier / SECOM Gravatá

A Semana do Meio Ambiente, movimento realizado pelas Secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural e de Educação, levou os estudantes das Escolas Amenayde Farias do Rego Barros, Capitão José Primo de Oliveira e Monsenhor José Elias de Almeida – (CAIC), na manhã desta terça-feira (04), para uma aula de campo às margens do rio Ipojuca no local do terreno onde funcionou o antigo matadouro, no bairro do Jucá. No período da tarde, na própria escola, os alunos do CAIC também participaram da culminância do projeto ambiental “Reciclar, Preservar e Conservar.”

Durante a aula de campo, o Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, Aarão Neto, e o Supervisor Ambiental do município, Mario Alves, falaram para os estudantes sobre a importância de cuidar e de manter as águas do Ipojuca sempre limpas.

 

“O objetivo dessa ação de hoje foi o de trazer alunos de nossa rede municipal de ensino para que possam se tornar propagadores do valor que tem o rio que corta a nossa cidade. Nossa missão é fazer com que cada jovem tenha em nós o exemplo de respeito e cuidado que todos nós devemos ter para com os nossos recursos naturais. Além disso, esse momento serviu para mostrar aos estudantes como os órgãos da prefeitura se articulam para traçar projetos que preservam e valorizam o meio ambiente, como é o caso das limpezas que vêm sendo realizadas no Ipojuca e como isso gera bem-estar para toda a população,” disse Aarão Neto.

 

“O município precisa desenvolver mais projetos como esse. É preciso fazer com que o jovem se torne protagonista na defesa e preservação do rio, fazendo com que ele, e outros elementos naturais presentes no município, se tornem símbolos valorizados e não um problema para os gravataenses, como às vezes parece ser. A Semana do Meio Ambiente está contribuindo para esse tipo de conscientização e formação de cidadãos mais atuantes na preservação do espaço natural,” disse Paulo Fernando, professor da Escola Amenayde Farias do Rego Barros.

Na culminância do projeto “Reciclar, Preservar e Conservar”, realizado por professores e estudantes do CAIC, os alunos puderam apresentar o que produziram durante todo o mês de maio para a comunidade escolar. Além da exposição de trabalhos, como maquetes e apresentação de dança, os estudantes também fizeram demonstrações sobre como produzir materiais de limpeza ecológicos com óleo de cozinha, técnica que aprenderam em oficinas.

 

“Esses produtos de limpeza com material reciclável, como o óleo de cozinha, trazem, não só lições sobre a economia doméstica, mas também, ensinam a produzir novos resultados a partir de uma matéria-prima já utilizada anteriormente, conscientizando sobre a conservação do meio ambiente e a reutilização, ao invés do descarte,” explicou o professor do CAIC, Emiliano Ferreira.

 

“Eu participei das oficinas e da produção dos produtos de limpeza com material reutilizado. Eu achei o conhecimento muito bacana e aprendi, principalmente, sobre não jogar óleo de cozinha nos rios, dando um melhor destino a esse líquido que pode ser tão prejudicial à natureza. Eu gostei muito de participar,” comentou o aluno do 7º Ano do CAIC, Mário Manoel.

A Semana do Meio Ambiente teve início no dia 31 de maio e seguirá até o dia 07 de junho, próxima sexta-feira. A iniciativa faz alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 05 de junho. A iniciativa ainda faz parte dos projetos “Cumade Fulozinha”, organizado pelas Secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural e de Educação e pelo “Agenda Ambiental na Administração Pública – (A3P)”, do governo federal e aderido pela Prefeitura de Gravatá. O intuito dos projetos é o de proteger os ecossistemas da cidade e levar informação aos moradores, principalmente, aos alunos sobre a história de Gravatá e da ecologia local, através de atividades que desenvolvam ações conscientes de preservação ambiental.

Last modified: 4 de junho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content