Segurança: Mototáxis devem passar por vistoria e recadastramento a partir de agosto

5 de julho de 2017

Fotos: Anderson Souza / SECOM Gravatá

O prefeito Joaquim Neto reuniu-se com os mototaxistas de Gravatá que desenvolvem atividades na cidade. O encontro serviu para discutir melhorias e mudanças na execução dos serviços prestados pela classe.

Um dos pontos cruciais da reunião foi o repasse de batas, o que segundo o Secretário de Segurança e Defesa Civil, Dr. Pedrosa, é proibida a prática no município.

“As batas são concedidas para que o receptador as utilize, mas uma prática muito comum atualmente está sendo o aluguel e a venda, o que é irregular, pois apenas o cidadão que está cadastrado é quem pode usar.” Disse.

A partir do dia 01 de agosto uma vistoria será realizada com os 405 mototaxistas, sendo 20 por dia, a fim de atualizar o cadastro e fiscalizar os equipamentos de segurança e a documentação necessária dos condutores e veículos. 

O mototáxi Evaldo Silva exerce a função há mais de dez anos e achou essenciais as medidas que serão tomadas pela prefeitura.

“É uma forma de melhorar a qualidade do serviço prestado e oferecer mais segurança para nós e para os passageiros, tem que fiscalizar mesmo para que a população se sinta tranquilo na hora de usar o serviço.” Falou.

Last modified: 5 de julho de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *