Secretaria de Saúde realizará cadastramento das famílias do bairro Porta Florada

15 de agosto de 2019

Fotos: Bruna Oliveira/SECOM Gravatá

A Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Saúde, a partir da próxima segunda-feira  (19), começará a realizar um cadastramento das famílias do bairro Porta Florada para fazer um levantamento da quantidade de moradores do local. O objetivo do mapeamento é levantar estratégias que possibilitem um maior acesso da comunidade aos serviços de saúde do município, visto que a região fica distante das Unidades de Saúde da Família – (USF’s) da cidade.

“Podemos, a partir desses cadastros, tomar dimensão e avaliar as tomadas de decisão que deveremos realizar para facilitar e garantir o maior número de atendimentos médicos a todos os moradores do Porta Florada. Após a coleta dos dados, iremos analisar as informações cadastradas, junto à equipe técnica e o Secretário de Saúde, para então traçarmos as ações necessárias para atingirmos um maior alcance da comunidade,” explicou Tatiana Fradique, Presidente da Associação Municipal Dos Agentes Comunitários De Saúde – (AMACS).

 

“Essa área do Porta Florada estava descoberta, sem agentes comunitários de saúde. Com esse levantamento, poderemos saber o quantitativo de moradores, a fim de remapear a saúde e oferecer serviço de qualidade a todos os gravataenses,” acrescentou Sivaldo Lopes, enfermeiro da rede de saúde do município.

Os cadastros serão realizados pelos agentes de saúde, através de visitas nas próprias casas dos moradores. Para realizar o cadastramento, os profissionais irão solicitar a apresentação de documentos de identidade e CPF.

Segundo Josivan da Silva, Presidente da Associação dos Moradores do Porta Florada, a comunidade aprovou a iniciativa.

“Fizemos solicitações ao Prefeito Joaquim Neto pra que essa questão fosse solucionada e ele prontamente tem nos atendido. Prova disso será a presença dos agentes comunitários aqui no nosso bairro, junto à equipe da saúde, que farão o levantamento necessário para cadastrar as nossas famílias,” enfatizou.

Last modified: 16 de agosto de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content