Secretaria de Saúde realiza cadastramento dos moradores do Bairro Alpes Suíço

9 de outubro de 2019

Foto: Bruno Sant’Ana/SECOM Gravatá

A Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Saúde, iniciou nesta terça-feira (09) o cadastramento dos moradores do Bairro Alpes Suíço. Os cadastros estão sendo feitos por meio de visitas aos lares pelos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias do município. Como a região fica distante das Unidades Básicas de Saúde da cidade, o objetivo da ação é fazer o levantamento do número e do perfil das pessoas que residem no local, para que após os cadastros, a secretaria implante uma unidade volante, que irá atender os moradores a cada 15 dias, a partir do mês de novembro.

“Essa é uma área descoberta, então, nossa equipe veio realizar esse cadastramento sob a orientação do Prefeito Joaquim Neto. Dessa forma, vamos trazer os serviços de saúde para mais perto dessa comunidade. Com esse levantamento, estamos analisando as principais queixas e demandas das famílias. A partir do diagnóstico, conseguiremos traçar as necessidades do bairro e minimizar os seus problemas”, disse a coordenadora das políticas e estratégias da Secretaria de Saúde, Érika Ximenes.

Durante as visitas, as equipes também estão realizando outras ações de saúde entre os moradores, como orientações sobre a prevenção das arboviroses, que são doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, como a dengue, Zika vírus e febre Chikungunya. Também está sendo realizada a distribuição de tampas para as cisternas, como medida preventiva da proliferação do mosquito.

“A função dos agentes de endemias nessas visitas também é informar a população sobre chagas, esquistossomose, raiva, mas, principalmente, sobre as arboviroses. A conscientização serve para que possamos contar com a população no combate e no controle dos vetores. É importante que a população colabore, não deixando os recipientes com acúmulo de água”, explicou o assessor da Vigilância Ambiental, Rodrigo Leal.

Tatiane Fradique, representante dos agentes comunitários de saúde, acompanhou a ação e falou como a atuação da categoria auxilia a população.

“O trabalho das nossas equipes é muito importante, porque é a partir delas que as pessoas se mantêm informadas sobre os serviços que são disponibilizados pela saúde pública do município. Os agentes são mediadores que unem a gestão pública à própria população”.

Os moradores aprovaram a ação, como foi o caso de Josivânia Santos, moradora da Rua José Pessoa Bruce.

“Fiquei bem satisfeita com essa visita de hoje. Essa ação é maravilhosa e nos dá a sensação de proteção, já que a saúde está alcançando o nosso bairro”, disse.

 

A previsão é que todo o processo de cadastramento e orientações aos moradores do bairro Alpes Suíço já sejam concluídos até o final da semana. O bairro já dispõe de uma agente comunitária de saúde, Andreza Bezerra, do PSF (Posto de Saúde da Família) Ricardo Valmir da Silva, mas devido ao grande número de pessoas a serem cadastradas, a Secretaria de Saúde realizou o mutirão para agilizar o procedimento.

Last modified: 9 de outubro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content