Secretaria de Saúde promove primeira aula de revisão de Libras para os agentes comunitários de saúde

19 de setembro de 2019

Foto: Bruno Sant’Ana/SECOM Gravatá

A Secretaria de Saúde realizou na manhã desta quinta-feira (19) a primeira aula de revisão do curso de libras para os agentes comunitários de saúde. A aula foi realizada no Grupo Barros, localizado na Rua Dr. Amaury de Medeiros, no bairro Boa Vista.

O objetivo da aula foi o de revisar os conteúdos vivenciados durante o curso de libras, que foi ministrado durante três meses, no início do ano, para os agentes comunitários de saúde. Tanto a aula de revisão, quanto o curso, foram ministrados pelo intérprete de libras, José Roberto.

“Essa é a primeira vez que ensino em uma turma de agentes de saúde e foi muito satisfatório pra mim, pois toda vez que colocamos em prática o nosso trabalho, acabamos aprendendo mais. É de extrema importância a divulgação e o ensino da língua de sinais, já que a comunidade surda se sente viva quando consegue se comunicar com um ouvinte através desse recurso”, pontuou o intérprete.

A representante dos agentes comunitários de saúde,Tatiana Fradique, explicou como surgiu a iniciativa de oferecer o curso para a categoria.

“Quando a comunidade surda de Gravatá procurava os agentes, havia uma certa dificuldade na comunicação e os nossos profissionais não conseguiam atender às demandas satisfatoriamente. Mas, depois do curso, os agentes  começaram a passar todas as informações necessárias pra essa comunidade, como os sintomas de doenças, tratamentos e encaminhamentos, por exemplo. A ideia do curso foi resultado do pedido dos próprios profissionais, que sentiram a necessidade de aprender a língua”.

O agente Manoel Araújo atua na Unidade Básica de Saude Ricardo Valmir da Silva Lima e falou sobre a produtividade do curso.

“Já participei outra vez de um curso de libras, mas este foi bem mais proveitoso. As aulas são excelentes e o professor tem uma ótima didática. Apesar das dificuldades, conseguimos aprender e evoluir muito. O resultado foi gratificante e satisfatório. Pretendo, sim, continuar estudando”.

Gravatá é a primeira cidade de Pernambuco a oferecer aulas de libras para os agentes comunitários de saúde, tornando-se referência para outros municípios. A Secretaria de Saúde pretende promover encontros mensais para manter a prática da língua de sinais. Também há o intuito de formar turmas para os níveis intermediário e avançado, no primeiro e segundo semestre do próximo ano.

Last modified: 19 de setembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content