Secretaria de Educação e professores da rede municipal visitaram o local do Complexo Ecoturístico Karawá Tã

1 de março de 2019

Fotos: SECOM / Gravatá

No Dia Mundial do Turismo Ecológico, esta sexta-feira (01), professores da rede municipal de ensino e representantes da Secretaria de Educação visitaram o espaço onde está sendo construído, em Gravatá, o Karawá Tã, o maior complexo ecoturístico do Norte e Nordeste brasileiros.

Além de conhecer o espaço, o momento também serviu para que os profissionais planejassem um cronograma com o intuito de que todos os estudantes da rede possam visitar e conhecer o parque quando estiver pronto.

Para as visitas, os estudantes serão divididos por grupos. Semanalmente, a Secretaria de Educação estará disponibilizando ônibus de sua frota para que cada grupo possa conhecer o espaço, para que em um tempo razoável todos tenham visitado o complexo.

“Esse parque vai servir não só de lazer, mas também de aprendizado para os estudantes. Já estamos nos programando para que alunos de todas as escolas da rede municipal venham visitar o espaço. Vou me reunir já na próxima semana com os responsáveis do parque para planejar a quantidade de alunos para essas visitas,” explicou a Secretária de Educação Íris Dias.

Cristiano de Freitas, professor de Geografia da rede municipal de ensino e que também esteve visitando o espaço nessa sexta, disse que o parque proporcionará aos estudantes a oportunidade de aprenderem mais sobre a importância da Caatinga e seu papel no ecossistema, não apenas na teoria, mas, a partir de agora, na prática também.

“O nosso município está localizado na Caatinga e, infelizmente, a sociedade ainda enxerga esse rico bioma com certo preconceito, associando-o a aspectos negativos, como a seca ou a miséria, por exemplo. Ter esse parque aqui na cidade será uma grande oportunidade de os nossos jovens poderem conhecer de perto e passarem a valorizar esse bioma que é tão importante quanto os outros,” enfatizou.

Liliane Costa, Coordenadora do Complexo, diz que o espaço servirá de incentivo à preservação do meio ambiente para as gerações atuais e futuras.

 

“Um dos objetivos do parque é promover a educação ambiental. Tendo um contato direto com a natureza em um espaço como esse, certamente, as crianças de hoje aprenderão a valorizar e a preservar a vida. Mais do que isso, se sentirão impulsionadas a passarem esse mesmo sentimento para as próximas gerações,” pontuou.

O local possui uma área de 1 milhão e seiscentos mil metros quadrados e contará com uma estrutura completa para atividades de lazer e ecoturismo.

Estão sendo construídos espaços com brinquedos, equipamentos esportivos de aventura, estacionamento, restaurante, lojas, pontos de apoio e centro de visitantes com auditório e praça de eventos. A previsão para o término das obras é para o mês de julho de 2019.

Last modified: 1 de março de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content