PSA Ipojuca: Moradores assinam acordo com a Compesa e Prefeitura

11 de outubro de 2017

Fotos: SECOM Gravatá

O Prefeito Joaquim Neto saiu mais uma vez em busca de soluções para a regularização da obra do PSA Ipojuca, embargada desde o dia 02 de outubro, após denúncias de moradores. A desapropriação das casas e os materiais despejados no rio Ipojuca foram os fatores cruciais das denúncias.

Durante a manhã desta quarta (11) o prefeito fez uma visita à obra, acompanhado do Gerente de Programas Especiais e Coordenador da UGP/PSA Ipojuca, Sérgio Murilo, onde juntos identificaram e elaboraram um acordo que dá garantias de indenização e segurança aos moradores da Travessa do Sapateiro, no bairro da Boa Vista.

A proposta de acordo foi aceita e assinada pelos moradores que receberam o prazo de 90 dias para ter suas casas indenizadas.

“Estamos mais tranquilos, podemos voltar a dormir. Graças ao prefeito conseguimos ter um compromisso da Compesa em documento. Estamos felizes em saber que teremos para onde ir com nossos filhos.” Relatou Vânia Mendes, residente da Travessa do Sapateiro há 10 anos.

 

“Queremos tranquilizar a população e fazer essas desapropriações indicadas pelo Prefeito. Nesse trecho de 150m vamos conversar com cada morador para que no prazo estabelecido tudo esteja de acordo.” Frisou Sérgio Murilo.

As obras nesse trecho continuam embargadas até que sejam cumpridos os pontos estabelecidos no contrato de compromisso. Em outras áreas da cidade a obra foi liberada e segue a todo vapor, o que irá trazer mais qualidade de vida à população.

Last modified: 11 de outubro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *