Projeto Cuidando de Quem Cuida: Centro de Inclusão Gravatá promove dia especial para mães nesta quinta (30)

30 de maio de 2019

Foto: Ricardo Labastier/SECOM Gravatá

A quinta-feira (30) foi repleta de entretenimento, cuidados com a beleza e bem-estar para as mães das crianças que são atendidas pelo Centro de Inclusão Gravatá (CIG). A ação, que aconteceu no Parque da Cidade, foi resultado da primeira edição do Projeto Cuidando de Quem Cuida, idealizado e promovido pela prefeitura, através do CIG.

“Este é um projeto que tem o objetivo de cuidar de quem cuida. As mães que têm filhos com deficiência precisam estar preparadas psicologicamente e fisicamente para cuidar dos seus filhos, dar atenção, educá-los e ajudá-los em todo o processo de tratamento realizado no CIG. Pensando nisso, criamos essa iniciativa, pois entendemos que a figura materna precisa ser valorizada e cuidada, tanto quanto as crianças do centro, pois sem a força dessas mulheres, que é quem estão diariamente lidando com as dificuldades impostas pela deficiência, nenhum outro trabalho poderia ser feito. Precisamos cuidar delas também”, frisa o Prefeito Joaquim Neto.

O evento ofereceu aula de dança, corte de cabelo, serviços de manicure, maquiagem, massagem, além de palestras motivacionais sobre a importância do desenvolvimento da valorização pessoal e autoconfiança da mãe de crianças com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento.

“Nós, mães, precisamos muito dessa valorização carinhosa que o CIG proporciona não apenas no dia de hoje, com a inauguração desse projeto, mas também todos os dias. A vida é muito corrida e cuidamos tanto dos nossos filhos que precisamos lembrar de cuidar um pouco da gente também. Adorei participar”, disse Taciana da Silva, mãe de Gabriel, de 9 anos, que tem a Síndrome de Down.

 

“O dia foi muito divertido e achei a iniciativa muito interessante. É uma forma de acolher as mães, ao proporcionar tantas atividades e serviços de uma vez só. Nós nos sentimos realmente valorizadas”, conta Tatiane Silva, mãe de Ana Heloísa, de 5 anos, que frequenta o CIG.

 

“É de suma importância cuidar da família para que o tratamento daqueles que frequentam o CIG seja eficaz. O núcleo familiar é primordial neste processo e a mãe é uma figura muito importante”, explica Simone Rocha, Coordenadora do CIG.

Além do Prefeito Joaquim Neto, que sempre faz questão de participar das atividades do CIG, estiveram presentes secretários municipais, funcionários do centro, além das equipes especializadas em Atendimento Educacional Especializado das Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social.

Last modified: 30 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content