Profissionais da educação inclusiva participam de formação continuada nesta quinta (31)

31 de outubro de 2019

Foto: Bruno Sant’Ana/SECOM Gravatá

O Centro de Inclusão de Gravatá (CIG) promove nesta quinta-feira (31) uma formação continuada para os profissionais da educação inclusiva da rede municipal de ensino. O encontro é realizado na sala do lado da Secretaria de Meio Ambiente, nas dependências do Parque da Cidade, e conta com a participação de aproximadamente 60 profissionais.

O objetivo da reunião é avaliar o trabalho realizado com as crianças e adolescentes com deficiência atendidos pelo programa de Atendimento Educacional Especializado (AEE), bem como, a participação da família no acompanhamento das atividades do CIG, durante o ano de 2019.

“Estamos concluindo o ano letivo e precisamos analisar os resultados escolares obtidos pelas crianças com deficiência. Sempre trazemos profissionais para ministrar as formações, como fonoaudiólogos, médicos, psicólogos e pedagogos, por exemplo. Aqui, os componentes da equipe trocam saberes e aprendem uns com os outros também”, disse a psicóloga e coordenadora do CIG, Simone Rocha.

Desta vez, o encontro conta com a presença das formadoras, Mari Rocha, assistente social e funcionária da Secretaria de Educação e a psicopedagoga, Fabiana Araújo.

“É de imensa importância promovermos essas capacitações, pois os nossos alunos precisam de professores e auxiliares bem formados na área para que possam trabalhar da melhor forma no processo de aprendizagem desses estudantes. Hoje, vim falar sobre a avaliação pedagógica e sobre o que o profissional deve trabalhar na sala de aula de recursos multifuncionais para propiciar um maior estímulo à criança e ao jovem”, explicou a psicopedagoga.

Fátima, técnica de enfermagem e cuidadora, da Escola Municipal da Serra, esteve presente na formação e falou sobre a importância de se participar dos encontros de formação continuada.

“Nessas reuniões, podemos aperfeiçoar nosso trabalho. Todas as informações são válidas e ajudam no desenvolvimento dos alunos. Todos os profissionais estão muito dedicados nas formações. O Prefeito Joaquim Neto tem dado um grande auxílio nessa área”.

Atualmente, a cidade de Gravatá conta com 33 professores auxiliares, 24 cuidadores e 14 professores atuando nas salas de AEE, além de cerca de 500 crianças e adolescentes, que são atendidos, tanto no CIG, quanto nas salas de recursos multifuncionais das escolas municipais.

Last modified: 31 de outubro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content