Professores municipais visitaram Serra do Contente nesta terça-feira(30)

30 de abril de 2019

Foto: SECOM Gravatá

Na manhã desta terça-feira (30), professores da rede municipal de ensino visitaram a Serra do Contente. A viagem faz parte do projeto “Cumade Fulozinha”, que surgiu com a parceria entre a Secretaria de Educação e Secretaria de Meio Ambiente.

O objetivo da visita é obter conhecimento sobre a cultura, história, fauna e flora de Gravatá. Cerca de 20 educadores participaram do passeio que foi organizado pela Diretora de Ensino, Alexsandra Mary, e pelo Supervisor Ambiental, Mário Alves.

Alexandra Mary explicou como é importante para os professores e alunos terem conhecimento do ecossistema de Gravatá e como o projeto beneficiará os participantes.

“Queremos dar subsídios aos professores para que eles possam trabalhar com o meio ambiente em sala de aula. Os professores irão obter conhecimento sobre os biomas de Gravatá e poderão repassar para seus alunos. Esses passeios despertam a curiosidade sobre nossa cidade e isso é prazeroso”.

A professora da sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE) da Escola Capitão José Primo, Edineide Bezerra, comentou sobre a produtividade do passeio.

“Essa visita é extremamente rica. Precisamos divulgar a natureza de Gravatá para nossos alunos. Pretendo mostrar fotos e vídeos para meus alunos e despertar neles a curiosidade pelo conhecimento. Já participei de outros passeios e todos foram muito produtivos e enriquecedores”.

A iniciativa “Cumade Fulozinha” visa a realização de ações que promovem o sentimento de valorização e preservação do ecossistema gravataense através de projetos pedagógicos entre professores e estudantes. O projeto tem esse nome, porque, segundo a lenda, o espírito de “Cumade Fulozinha” defende a flora e esse é o principal intuito do projeto.

Mário Alves também comentou sobre o projeto e sobre os aprendizados que são obtidos com as aulas passeio.

“Esta iniciativa tem o cunho de estimular nos professores e alunos o sentimento de pertencimento e orgulho de Gravatá. Os alunos aprendem bastante sobre assuntos gerais, mas também é importante levar nossa cultura e riquezas até eles. Aqui informarei sobre a formação do solo, fauna, flora e sobre a história de Gravatá. Queremos ter uma população que goste e proteja esta região”.

Os professores participarão de mais uma viagem para conhecerem o bioma da caatinga, para futuramente repassarem aos seus alunos.

 

Last modified: 1 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content