Professores e merendeiros recebem capacitação

16 de fevereiro de 2018

Fotos: Anderson Souza / SECOM Gravatá

Seguindo o cronograma de capacitar os profissionais que compõem o quadro da educação do município, os professores das escolas de base e os responsáveis pela merenda dos alunos, participaram na manhã desta sexta (16) de treinamentos e palestras para melhorar a qualidade no serviço ofertado.

A rede possui 37 escolas de base, que atende alunos moradores da zona rural de Gravatá. A gestora Simone Lira, listou os pontos debatidos no encontro.

“Foi o momento onde todos puderam falar das dificuldades encontradas e que pudéssemos propor soluções, desde merenda, transporte, alocação de novos servidores convocados pela seleção simplificada, calendário, bolsa família, censo escolar, entre outros assuntos que precisamos alinhar para oferecer uma educação de qualidade para nossos alunos.” Disse.

O Prefeito Joaquim Neto destacou esse momento como fundamental para se obter bons resultados no ano letivo.

“Nossos alunos merecem uma boa educação, merecem uma escola onde eles se sintam bem e aprendam melhor. A educação transforma vidas e vamos priorizar nossas crianças e adolescentes para que sejam criadas oportunidades e que eles tenham vontade de ir estudar, os educadores precisam estar preparados e cada vez mais capacitados para transmitir conhecimento e educar cidadãos.” Falou.

A Vigilância Sanitária promoveu uma palestra para os responsáveis pela merenda escolar sobre tratamento correto de alimentos, higiene e formas de utilizar os produtos com segurança. A partir da próxima semana serão realizadas visitas surpresas para fiscalizar as unidades escolares.

“É preciso uma comunidade inteira para educar uma criança. Cada membro da escola é importante, o ‘bom dia’ do motorista do ônibus faz com que o aluno se sinta especial, uma merenda feita com amor fica mais gostosa, uma professora que traz novos métodos e dinâmicas estimula o aprendizado, cada função é essencial e deve ser desempenhada da melhor forma possível para que as crianças tenham mais vontade de ir para a escola.” Disse a Secretária de Educação, Carolina Campos.

Last modified: 16 de fevereiro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *