Professores das escolas municipais se reúnem para discutir sobre o Aprova Brasil

8 de abril de 2019

Foto: Bruna Oliveira/SECOM Gravatá

Na manhã desta segunda-feira (8), os professores das escolas municipais participaram de uma reunião para debater sobre o Aprova Brasil, um material didático que prepara os alunos para a Prova Brasil, exame nacional aplicado a cada dois anos nas turmas de 5º e 9º ano.

A reunião contou com uma palestra ministrada pela Assessora Pedagógica da Editora Moderna, Selma Lins, que apresentou os objetivos do material.

“Nosso ideal é alavancar o indicador de qualidade de ensino dos municípios. Eu apresentei hoje para os professores, gráficos que mostram o desempenho dos alunos de Gravatá e abordamos métodos para serem usados de forma mais dinâmica, garantindo resultados mais satisfatórios para todos”, explicou Selma Lins.

A Prova Brasil é um programa desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), que tem o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.

Para melhorar o desempenho dos alunos durante a avaliação, a Secretaria de Educação solicitou o material através do PAR (Planos de Ações Articuladas). O objetivo é que os professores utilizem em suas aulas os conteúdos disponibilizados de forma didática, através de atividades e questionários que estão incluídos nos livros.

“Sem dúvidas este material irá contribuir bastante para os estudantes, pois este é um projeto que é direcionado para este público. A junção dos professores e destes livros irá garantir bons resultados”. Destacou Irismar Dias, Secretária de Educação.

Cerca de 30 profissionais da educação estiveram na reunião e debateram sobre o método de ensino e sobre o material que será disponibilizado, além de conhecer a plataforma digital onde serão divulgados os resultados da Prova Brasil. Os cadernos que serão disponibilizados para os alunos contêm 20 questões de língua portuguesa e 16 questões de matemática. Os materiais são divididos em blocos, cada um contendo um simulado.

Cada caderno tem uma proposta didática pautada na resolução de atividades como leitura e interpretação, na matéria de português, e resolução de problemas matemáticos, em consonância com a Matriz de referência do SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica).

O professor do 5º ano da Escola Cônego Eugênio Villa Nova, Márcio Rodrigues, participou do encontro e falou sobre a produtividade da palestra para os educadores.

“Através deste projeto iremos melhorar o ensino e ver novas formas de passar os conteúdos para os alunos, para que o desempenho deles seja melhorado e tenhamos um índice no IDEP ainda melhor”.

No dia 28 de março os professores também se reuniram no auditório da Secretaria de Educação para conhecerem em o Aprova Brasil. A novidade da reunião desta segunda-feira foi a apresentação do calendário, que apresenta o início das lições, a data dos simulados e a divulgação das notas. Além disso, no dia 30 deste mês os professores de português e matemática participarão de oficinas formativas.

Last modified: 8 de abril de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content