Prefeitura tem interesse na municipalização do trânsito em Gravatá

14 de janeiro de 2021

A questão foi tratada em reunião na sede da Secretaria de Turismo e é um assunto que interessa, sobretudo, aos moradores da cidade

A municipalização do trânsito de Gravatá foi o tema principal do encontro que reuniu a prefeitura, representada pelo vice-prefeito Júnior Darita, e pelo Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN-PE), representado pelo presidente Walker Barbosa.

O assunto, que é de interesse principalmente da população gravataense, foi sinalizado de forma positiva por todos e, com isso, o município vai ganhar mais organização e segurança no trânsito, como preconiza o artigo 24 da Lei nº 9.503/97, também conhecida como Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Na reunião, ficou acertado que 40% do efetivo da Guarda Municipal será preparado pelo CETRAN para atender as exigências do trânsito e se dedicar na aplicação da lei na mobilidade dos veículos que trafegam pela cidade.

Para o diretor do Departamento Municipal de Trânsito e Transportes, Agostinho Santos, “nós estamos começando os primeiros passos, o que não é muito fácil, é complexo e por isso demanda um certo tempo, mas há um desejo latente e urgente da municipalidade pela nova gestão municipal de que as coisas aconteçam. Essa municipalização já vem se arrastando há muitos anos e a cada dia que se passa a população cobra. Para isso estamos dispostos a trabalhar e realizar os sonhos da administração e da população”.

O presidente do CETRAN-PE, Walker Barbosa, destaca que “Gravatá tem um histórico de tentativas de adesão ao Sistema Nacional de Trânsito que não vingaram e a nova administração nos procurou e estamos aqui para fazer o que fazemos com todos os municípios, que é colocar o CETRAN à disposição para ajudar e orientar a cidade nos passos que deve seguir para que essa integração seja efetivada”.

Walker Barbosa completa que “é importante que o município tenha consciência da complexidade que é a atividade trânsito e que ele se estruture adequadamente para que possa não só implantar a municipalização, mas que isso tenha sustentabilidade e que o município possa transformar isso num instrumento que vai ajudar no seu desenvolvimento e no dia a dia dos moradores”.

Para o vice-prefeito de Gravatá, Júnior Darita, (que é Policial Rodoviário Federal), essa é uma grande conquista para os moradores da cidade. “Estivemos reunidos com o intuito de dar os primeiros passos na integração do município de Gravatá ao Sistema Nacional de Trânsito, a tão conclamada municipalização. Então estamos em comunicação com o CETRAN, que é o órgão competente para isso, e vamos fazer as parcerias necessárias para trazer principalmente humanização ao trânsito de Gravatá, levando em consideração o slogan da nossa gestão, que é compromisso com as pessoas”.

Fotos: Anderson Souza (SECOM)

Last modified: 14 de janeiro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content