Prefeitura de Gravatá recebe representantes do Sindicato dos Professores Municipais

24 de março de 2021

Diferente de antes, o sindicato foi ouvido duas vezes em apenas três meses da nova gestão

O prefeito padre Joselito Gomes recebeu representantes do Sindicato dos Professores Municipais de Gravatá, no gabinete no Paço Municipal, na manhã desta quarta-feira (24).

Participaram da reunião a secretária municipal de Educação, Professora Ninha, o chefe de gabinete, Lucas Noia, além do procurador Geral do município, Brasílio Guerra, e do procurador Marllon Lima. 

De acordo com uma das representantes da diretoria colegiada do sindicato, Rejane Lima, “o pedido da reunião foi para a volta do desconto sindical em folha, porque a minuta estabelecida pelo presidente da República deixou de ter validade e não houve o retorno do desconto dessa maneira e, com isso estamos tendo prejuízo financeiro. Tratamos também de um projeto de lei que trata da redução salarial de aposentados, mas essa informação que não é verdadeira foi divulgada na imprensa. Essa questão, inclusive, está sendo avaliada de forma administrativa”, esclareceu. 

Ainda de acordo com a professora Rejane, “aproveitamos para tratar de outros assuntos pedagógicos, como distribuição da merenda, faixa de segurança, acesso a aulas de informática, pois todos os laboratórios da rede municipal de ensino foram desativados. Essa abertura para conversa é importante para toda sociedade, pois interfere na vida dos professores, dos alunos e das famílias de ambos”, avaliou .

A secretária municipal de Educação, Ninha Professora, falou sobre o resultado da reunião. “O sindicato provocou essa conversa e a pauta já tinha sido discutida em janeiro. Foi falado principalmente sobre o pedido do desconto sindical ser feito diretamente no salário dos professores e essa relação com o sindicato é importante porque eles fazem a reivindicação das necessidades da educação e a gente procura atender da melhor forma possível e dentro da legalidade”, disse. 

O prefeito padre Joselito ressaltou que o diálogo está aberto com todas as categorias e com os profissionais da educação não é diferente. “A valorização, o respeito e o reconhecimento dos profissionais da educação são necessários no nosso município e eles devem ter as condições mínimas de trabalho. Nós, como gestão, estamos garantindo isso e aproveito para reforçar que estamos abertos a ouvir e agir dentro da legalidade com os pleitos da categoria. Esse relacionamento traz segurança e tranquilidade para a população de Gravatá “. 

Atualmente, 536 profissionais são filiados ao Sindicato dos Professores Municipais de Gravatá. 

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Nilson Silva (SECOM)

 

Last modified: 25 de março de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content