Prefeitura de Gravatá incentiva a criação de novas Reservas Ambientais no município

9 de junho de 2018

Com o objetivo de proteger o patrimônio ecológico de Gravatá, a Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente realizou, nesta sexta (8), um encontro entre proprietários de matas da região do Brejo e técnicos ambientais. O evento também faz parte do leque de atividades realizadas pela Prefeitura em celebração à semana de meio ambiente.

Além de uma rica flora e fauna ( inclusive com exemplares raros ), as florestas da região são as cabeceiras de muitas nascentes que abastecem as barragens para consumo humano, o que torna a preservação dessas matas uma questão estratégica.

“Preservar as nossas florestas é garantir para esta e para as gerações futuras o clima (cartão postal de Gravatá) e a perenidade de nossas nascentes”: disse o Secretário de Meio Ambiente Aarão Lins de Andrade Netto.

Além de proteger a biodiversidade municipal as RPPNs podem também auxiliar na economia do município com o incentivo ao turismo ecológico.

Gravatá já possui quatro RPPNs e a idéia é criar novas reservas, aumentando desta forma a quantidade de áreas protegidas no município.

Participaram do evento 19 proprietários de matas da região do Brejo de Altitude, dentro do bioma da Mata Atlântica, que ouviram de Cosme de Castro – Chefe do Setor Administrativo de Unidades de Conservação da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e da Advogada Sandra Pires, do escritório “ Pires Advogados” ( especializado em direito ambiental), as vantagens, benefícios e compromissos ao se criar uma RPPN.

Last modified: 9 de junho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *