Prefeito se reúne com taxistas e motoristas de transporte alternativo e anuncia regulamentação de aplicativo de transporte em Gravatá

9 de março de 2019

Fotos: Bruna Oliveira / SECOM Gravatá

Na noite desta sexta-feira (8), o prefeito Joaquim Neto se reuniu com cerca de 100 taxistas e motoristas de transportes alternativos de Gravatá para debater a regulamentação dos aplicativos de transporte na cidade. O encontro foi realizado na sede da associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

De acordo com a Lei federal os aplicativos têm o direito de funcionar em qualquer cidade do território brasileiro, cabendo ao município a regulamentação e fiscalização, de acordo com as exigências de cada cidade. O prefeito de Gravatá se comprometeu em elaborar o Projeto de Lei até a próxima quinta-feira (14) onde irá debater com os taxistas e motoristas de transporte alternativo o que será solicitado aos motoristas para que possam realizar o serviço de transporte na cidade.

Entre os pontos debatidos está a exigência de certidão negativa de antecedentes criminais a cada seis meses, carros possuírem placas de Gravatá-PE, os veículos terem até dois anos de fabricação, entre outras exigências.

“A principal preocupação é com a segurança do usuário. Queremos que todos saibam que quem está dirigindo é alguém de confiança e que a viagem ocorrerá de forma tranquila, assim como é com os transportes já existentes e cadastrados na Prefeitura de nossa cidade”, disse o prefeito.

Os taxistas e motoristas dos transportes alternativos concordaram com a decisão da gestão municipal. José Humberto, presidente da Associação dos Taxistas, afirma que está satisfeito com o posicionamento do prefeito diante da situação.

“A gente entende que é uma Lei federal e que não é possível proibir que o aplicativo funcione aqui, mas com este posicionamento do Prefeito, ficamos mais tranquilos porque sabemos que a gestão municipal se preocupa em organizar e intermediar esta situação. A regulamentação é importante para que haja uma concorrência justa e que as pessoas possam utilizar transporte apenas com trabalhadores de nossa cidade”, falou.

O Secretário de Planejamento, Joeides Pereira, explicou como serão os próximos passos.

“Iremos elaborar o projeto de Lei para a regulamentação dos aplicativos e encaminhar para a Câmara de Vereadores na terça-feira (19). Só assim podemos organizar e fiscalizar para que todos optem por um meio de transporte com segurança”, pontuou.

Last modified: 9 de março de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content