Prefeito Padre Joselito recebe gerente dos Correios de Gravatá

3 de fevereiro de 2021

O intuito da reunião é a reativação dos postos dos correios nos Distritos de Gravatá

O prefeito de Gravatá, Padre Joselito junto com os secretários de Planejamento e Orçamento – Vital Medeiros, de Administração – André Fernandes, e os vereadores Edvaldo Trajano (Neném de Uruçu), José Alércio de Farias (Cabritinha) e Adeilson José (Adeildo do Abacaxi) receberam o gerente dos Correios de Gravatá, José Cláudio na tarde da terça-feira (02) na Prefeitura de Gravatá.

O ponto de partida da reunião foi de atender os pedidos da população para que aconteça a reativação dos postos dos Correios nos Distritos de Gravatá. Os moradores da região alegaram à gestão as dificuldades de utilizar os serviços com relação a recebimento de correspondências e encomendas em suas residências porque existem ruas sem nome, sem numeração e sem CEP.

Segundo o gerente dos Correios, José Cláudio, o objetivo da reunião é a representação, a materialização do sonho da população em receber correspondências, principalmente nos Distritos de Uruçu, Mandacaru e Russinhas que há alguns anos deixaram de ter o atendimento de correio postal básico. “Há uma expectativa enorme por parte da população e dos representantes de querer a reativação dos serviços que elas obtinham. Eu simplesmente vim trazer material e ferramentas para que a gestão possa atingir o anseio a população”, destacou.

Edvaldo Trajano (Neném de Uruçu), vereador, ressaltou a importância da reunião acontecer para que a necessidade da população seja atendida. “Hoje, o primeiro passo está sendo dado para que possamos seguir com os planos de reativação dos postos dos Correios e ofertar à população o direito de receber suas correspondências em suas casas”, disse.

Já o vereador Adeilson José (Adeildo do Abacaxi) falou que a reativação irá beneficiar a população dos Distritos de Gravatá. “Com a reativação serão contemplados em torno de 1.500 pessoas dos distritos e sítios vizinhos, e isso é muito bom para a comunidade e para nós vereadores que vamos conseguir atender a carência local”, pontuou.

Atualmente, os Distritos se encontram engessados com relação aos serviços prestados pelos Correios. Pensando nisso, o vereador José Alércio Farias (Cabritinha) reforçou a importância deste encontro para que a população volte a ser contemplada. “Há muitos anos existe uma carência com a prestação desses serviços nos Distritos, e é um direito que a população tem. Então, vamos lutar por esses direitos para que juntos “órgão e gestão” possamos atender a nossa população”, ressaltou.

Durante a reunião foi firmada parceria com o gerente dos Correios, além de diálogos com a gestão para construções consolidadas e realizações das obrigações recíprocas dos interessados. “Que a gente possa finalmente implantar os postos de agência de atendimentos postais em cada uma das localidades para que a demanda das regiões sejam atendidas, disse o secretário de Administração, André Fernandes.

Foram pontuados algumas necessidades que o prefeito, padre Joselito, quer priorizar nos Distritos. Com o apoio dos vereadores foram realizados levantamentos das ruas, sem placas e denominações, por meio dos subprefeitos dos locais para que supra essa carência. “Paralelo a isso, a gestão com a administração tem que começar a identificar quantas ruas são para que os recursos de confecção dessas placas sejam levantados e também buscar parcerias com empresas que estejam interessadas em nos ajudar”, enfatizou Vital Medeiros, secretário de Planejamento e Orçamento.

Por fim, padre Joselito, prefeito de Gravatá, prioriza a carência dos serviços dos Correios nos distritos e em seguida organizar a situação da cidade. O intuito é regulamentar toda a situação para que as encomendas possam chegar nas residências da população. “Hoje, com a presença do gerente dos Correios, alguns vereadores e secretários, conversamos sobre a viabilidade da resolução do problema encontrado. Os Correios irão fazer uma avaliação e trazer para nós respostas para que possamos organizar a presença dos Postos do Correios nos distritos e em seguida na cidade. Nós temos aqui bairros sem nenhum registro e a população pede para que haja uma organização para receberem suas correspondências”, enfatizou.

Reportagem: Mathilde Souza

Fotos: Marcone Barros (SECOM)

Last modified: 3 de fevereiro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content