Ouro e bronze no tênis de mesa: Paratletas gravataenses são medalhistas em campeonato nacional

29 de novembro de 2018

A inclusão no esporte tem se tornado cada vez mais frequente em Gravatá e os bons resultados são visíveis. Três atletas de escolas municipais participaram das Paralimpíadas Escolares 2018, realizada em São Paulo, e trouxeram na mala mais experiência e medalhas.

Com apenas 15 anos, Maria Rayane já tem um currículo de dar inveja e foi, mais uma vez, o grande destaque da comitiva gravataense. Esse ano, ela conquistou uma medalha de ouro no individual. Na competição por equipe e individual misto, foram conquistadas duas de bronze. A paratleta, que há cinco anos conquistou seu primeiro campeonato brasileiro no Parabadminton, conta que em cada campeonato sente uma emoção diferente.

“Eu sempre fico nervosa. Não tem jeito. Mas eu sei que não estou sozinha na quadra. Comigo estão todas as pessoas que acreditam no meu potencial e que me dão a oportunidade de ir mais longe. Portanto, eu sempre dou o meu melhor. Quando eu chego a Gravatá com mais medalhas é uma sensação de dever cumprido”, disse.

O paratleta Wanderson Monteiro também subiu ao pódio ganhando medalha de bronze. Evelin Maria, estreante na competição, se classificou em 6º lugar.

O prefeito Joaquim Neto parabenizou os atletas e destacou a importância do incentivo ao esporte.

“Nosso orgulho é enorme. Estou feliz não só pelas medalhas, mas, principalmente, por ter tido a oportunidade de proporcionar isso aos nossos alunos”, falou.

Last modified: 29 de novembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content