I Festival de Cinema Kino Minuto foi realizado em Gravatá

4 de outubro de 2017

Durante o último fim de semana, gravataenses e visitantes, foram enriquecidos com a chamada sétima arte. Voltado à exibição de curtas-metragens de até 1 minuto, o Festival Kino Minuto aconteceu no anfiteatro do Parque da Cidade, entre os dias 28 a 30 de setembro, reunindo realizadores audiovisuais de todo o estado.

O evento de cinema exibiu, para todas faixas etárias, renomados filmes do cinema nacional e internacional. Na ocasião, mais de 80 curtas-metragens concorreram à premiação, que teve como vencedores os filmes “Luz de Vela”, de Danielle Uchôa e Victor Gonzalez – AL, na Mostra Competitiva 1 Minuto, e “Elisa”, de Pablo Correia – SP, na Mostra Competitiva 1 Minuto Animação.

“Avaliamos o evento de maneira muito satisfatória e positiva, apesar das dificuldades enfrentadas no decorrer de todo o processo. O Kino Minuto teve como objetivo difundir ainda mais o cinema pelo interior de Pernambuco, visando oportunizar, com cultura, reflexão e entretenimento, a população mais carente de Gravatá. Ficamos muito felizes com a presença constante do público infantil. Agora vamos trabalhar para que a segunda edição seja num formato maior”, afirmou o coordenador do festival, Igor da Nóbrega.

Seminário de Interiorização

Uma das atividades mais importantes do festival aconteceu na última sexta (29), no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Gravatá, através do Seminário de Interiorização do Cinema. O encontro reuniu convidados de todo o estado – diretores e realizadores audiovisuais, a exemplo do cineasta Bertrand Lira, professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Na ocasião, os presentes debateram a expansão da sétima arte em todas as regiões de Pernambuco, visando promover um estreitamento ainda maior entre os realizadores do Agreste e do Sertão.

Homenagem à Lula Gonzaga

O encerramento do festival foi marcado pela homenagem ao cineasta Lula Gonzaga, considerado o pioneiro nos filmes de animação do cinema pernambucano. O homenageado recebeu um troféu do evento.

Oficina com alunos das redes pública e privada de ensino

Os alunos das redes pública e privada de ensino puderam participar de uma oficina de capacitação, ministrada pelo realizador audiovisual Leo Leite. Realizado no Erem Devaldo Borges, o encontro teve como principal objetivo descobrir novos talentos dentro do cinema, ao mesmo tempo em que propôs despertar, nos alunos, o interesse pelo cinema, através de uma reflexão e debate dos conteúdos transmitidos. Ao final da capacitação, os participantes produziram três curtas-metragens, que foram exibidos no último sábado (30), data do encerramento do festival.

Last modified: 4 de outubro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *