Gravatá sedia a primeira reunião ordinária do COBH-Ipojuca em 2017

10 de junho de 2017

Fotos: Anderson Souza / SECOM Gravatá

Aconteceu na última sexta-feira (09) na sala de reuniões da Secretaria de Meio Ambiente, no Parque da Cidade, a primeira reunião ordinária desse ano do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca.

Estiveram presentes, membros dos 25 municípios que fazem parte da bacia, entre entidades públicas (APAC, DNOCS, Prefeituras), privadas (usuários), entidades civis (Associações) e ONGs.

Na reunião, Erika Brasil, coordenadora da área ambiental, apresentou o PSA-Ipojuca (Programa de Saneamento Ambiental) que está sendo implantado em Gravatá através da COMPESA e empresas parceiras.

Também explanou que 40% da cidade de Gravatá será saneada até fevereiro de 2018. Os 60% restantes ficarão para uma segunda etapa do programa, mas que já estão com o projeto pronto.

O Presidente do COBH-Ipojuca, Edson Piaba reforçou o apoio da Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Meio Ambiente, nas ações do Programa.

 “Muito importante o momento que vivemos aqui em Gravatá, com a integração da administração municipal e Compesa para a realização desse Programa de Saneamento, fruto do nosso trabalho de diagnosticar em 2010, e que já é realidade na cidade de Tacaimbó e em breve será iniciado na cidade de Sanharó.”

 

O Secretário de Meio Ambiente, Aarão Netto, anfitrião da reunião, também ressaltou a importância de trazer para Gravatá essa assembleia do Comitê.

“O nosso município esteve ausente das decisões do Cobh-Ipojuca nos últimos 4 anos e isso não condiz com a importância de Gravatá no cenário da bacia do Ipojuca. Como ex-presidente do comitê, conheço de perto a relevância dessas reuniões onde decidimos o futuro do nosso rio Ipojuca, a prova está na implantação do PSA nos municípios.”

 

Last modified: 13 de junho de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *