Finlândia: Prefeito Joaquim Neto busca parcerias com país líder global em desenvolvimento educacional e gestão

28 de abril de 2017

Prefeito Joaquim Neto, Antonio Costa e Silva – embaixador do Brasil na Finlândia e Pedro Augusto Felix

O prefeito Joaquim Neto cumpre uma agenda internacional com importantes compromissos no sentido de desenvolver parcerias internacionais para fomentar o desenvolvimento em diversas áreas do município. Nesta sexta(28) ele esteve reunido em Helsinki com Antonio Costa e Silva, embaixador do Brasil na Finlândia, para dar início ao encaminhamento de futuros convênios para Gravatá nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, gestão municipal e também parcerias com empresas finlandesas.

Na Aalto University, na cidade de Espoo, o prefeito se reuniu com representantes de uma das principais empresas europeias de soluções, gestões e projetos. A VTT é uma empresa pública finlandesa, de referência mundial,  que está interligada ao Governo Finlandês.

A Finlândia é desde 2002 líder do ranking global Pisa ( Programa Internacional de Avaliação de Alunos), considerada modelo de educação de excelência para o resto do mundo onde praticamente 100% dos jovens completam o período escolar, e 98% estudam em escolas públicas. O país ostenta impressionantes resultados no índices de desenvolvimento humano, bem estar e políticas públicas graças a integração entre as empresas públicas e privadas e setor educacional. Existe uma rede de cooperação ativa entre as escolas e universidades com os setores de pesquisa e desenvolvimento das empresas do país”.

“Ter acesso a essas experiências, junto a renomados empreendedores e gestores na área pública nestas cidades finlandesas, num país que é uma referência global em educação e gestão, me empolga em buscar parcerias e trazer para Gravatá o que há de melhor. Também consolida a minha convicção de que através da educação e de uma integração com o setor privado vamos formar uma futura geração gravataense vitoriosa e ousada, capaz de transformar todos os indicadores sociais e econômicos de Gravatá”. Joaquim Neto

Last modified: 28 de abril de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *