Estudante gravataense conquista o 1º lugar em competição paratlética estadual

29 de agosto de 2018

Fotos: Anderson Souza/SECOM

Hoje, Agnélio dos Santos é, sem dúvida, alguém que traz muito orgulho para a nossa Gravatá. Paratleta do município e aluno da Escola Monsenhor José Elias de Almeida, localizada no bairro do CAIC, o estudante representou brilhantemente a nossa cidade em competição esportiva, a nível estadual, na cidade do Recife.

Trazendo mais de uma medalha para o município, Agnélio foi 1º lugar na modalidade Salto em Distância e ainda venceu a modalidade 100 Metros Rasos em Corrida, conquistando o 2º lugar ao dar um show de velocidade. “Sempre gostei de esportes e adorei competir. Quero continuar participando de eventos como este, pois estou muito feliz”, disse o paratleta.

“Nunca o tínhamos colocado para fazer esportes. Foi uma grande felicidade para todos nós, pois não imaginávamos que ia surpreender tanto. Ele demonstrou uma maravilhosa coordenação motora nas atividades que participou. Vamos procurar sempre levá-lo para este tipo de competição, pois ele é um grande exemplo de superação, inclusive para os colegas”, falou Vanessa da Silva, profissional que acompanha o jovem na escola.

Leonardo Silva, treinador do estudante, explica como tudo começou e de onde vêm a garra e a determinação de Agnélio.

“Iniciei este projeto de treinamento de paratletas em 2015 a convite do Professor Hamilton César. Sou muito grato a ele por nos ter dado a oportunidade de participar desta competição. Vamos continuar trabalhando com o jovem para que ele conquiste muitas outras medalhas. Desde que Agnélio começou a treinar, foi notória a paixão dele pelos esportes. Isso, com certeza, foi decisivo nos resultados da competição.”, disse.

Agnélio está com 19 anos e nasceu com paralisia infantil. A sua primeira conquista, enquanto paratleta, prova que o investimento que a Prefeitura de Gravatá vem realizando no trabalho para jovens com necessidades especiais possibilita a superação de dificuldades e promove a descoberta de novos talentos, como é o caso do jovem estudante.

 

 

Last modified: 29 de agosto de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content