Estátua do Cristo Redentor de Gravatá ganha máscara facial para incentivar uso durante pandemia

13 de maio de 2020

Fotos: SECOM Gravatá

 

Pela primeira vez, em 80 anos de história, a estátua do Cristo Redentor, cartão-postal de Gravatá, ganhou um novo adereço: uma máscara facial.

Símbolo do combate à pandemia da Covid-19, o item foi colocado na manhã desta quarta-feira (13), em uma tentativa de conscientizar a população sobre a adoção de medidas de proteção e higiene, que diminuem as chances de contaminação pelo novo coronavírus.

A confecção da máscara ficou por conta das agentes comunitárias de saúde Maria Marta da Silva e Maria Betânia da Silva, que atuam na Unidade de Saúde do Cruzeiro I.

Como está localizada no ponto mais alto da zona urbana da cidade, o Cristo Redentor se destaca e faz um lembrete de que, com a colaboração de todos, dias melhores virão.

Curiosidade sobre o Alto do Cruzeiro:

A estátua do Cristo Redentor foi inaugurada na manhã de 24 de dezembro de 1940. Do pé da pedra ao alto da cabeça são mais de 12 metros de altura.
A estátua foi esculpida pelo escultor gravataense, Caetano Alves Varella.

Last modified: 13 de maio de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content