Escola Capitão José Primo de Oliveira comemorará seus 80 anos com exposição fotográfica no Memorial de Gravatá nesta quinta (05)

3 de setembro de 2019

Foto: Bruna Oliveira SECOM/Gravatá

Para celebrar os 80 anos da Escola Capitão José Primo de Oliveira, a Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Educação, está preparando uma homenagem especial para todos os que fizeram e fazem parte da história da primeira escola municipal da cidade, fundada em 31 de julho de 1939. A comemoração acontecerá nesta quinta-feira (05), a partir das 18h, no Memorial de Gravatá, através de uma exposição de fotografias antigas da unidade de ensino.

O acervo fotográfico que será exposto foi cedido pelo escritor e poeta Bosco Farias, que foi alfabetizado na escola, e relembra com carinho a sua passagem pela instituição.

“Minha história com o JP se reflete ainda hoje no presente e sei que continuará influenciando minha vida no futuro. Minha mãe, Marinha Farias, foi sua primeira diretora em 1938 e esteve à frente da direção até 1952. De 1952 a 1975, o educandário ficou sob a direção de minha tia, Amenayde Farias. São 36 anos ininterruptos das duas irmãs no comando de uma escola de tamanha grandeza. Vivi no nosso querido JP um passado de delicadas e suaves lembranças. Por ele, vivencio um presente de muito amor e projeto um futuro de eterna gratidão,” enfatizou.

Além de personalidades como as irmãs Marinha e Amenayde Farias, primeiras diretoras da escola, outros nomes conhecidos pela cidade estão presentes nessas fotos e que vivenciaram os acontecimentos promovidos na unidade, como Aarão Lins e Paulo da Veiga Pessoa, Ex-prefeitos de Gravatá e Célia Soares, ex-professora da escola e atual componente da Academia de Artes e Letras de Gravatá, por exemplo.

“Essa será uma homenagem mais que merecida. Temos grandes empresários, médicos, juízes, educadores e outros excelentes profissionais gravataenses que estudaram nessa escola. Com essa exposição, será possível relembrar alguns nomes de ex-alunos e educadores que deixaram seu legado. A exposição será uma forma de demonstrar a importância que a Capitão José Primo tem para a nossa cidade,” registrou o Prefeito Joaquim Neto.

“Esse é um momento muito especial para a nossa escola. Passamos o ano reunindo documentos, fotografias, buscando formas de homenagear quem já passou por aqui. Essa exposição fotográfica nos fará perceber a importância de manter o passado vivo, pois uma cidade que não conserva histórias, não sabe a cidade que se é,” pontuou Karla Regina, a atual Gestora Escolar da instituição.

A Secretária de Educação, Iris Dias, destacou a importância da homenagem.

“Não é de qualquer equipamento escolar que estamos falando, mas sim o primeiro da cidade. Essa história deve ser contada. As primeiras pessoas que foram alfabetizadas em Gravatá passaram por essa escola. Temos registros dos primeiros desfiles cívicos da cidade, organizados pela instituição. A trajetória da escola será contada através de fotografias para que os atuais alunos possam conhecê-la e para que toda a população seja presenteada com essa homenagem,” falou.

Last modified: 3 de setembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content