Entre Flores e Poesias: Escola Municipal da Serra promove sarau lírico nesta terça (05)

5 de novembro de 2019

Foto: Ricardo Labastier/SECOM Gravatá

Sob o tema “Entre Flores e Poesias”, a Escola Municipal da Serra presencia nesta terça-feira (05) um momento repleto de muita arte, música e lirismo. Durante todo o dia, os alunos do 9° ano recitam poemas de grandes nomes da literatura brasileira, como Clarice Lispector e Cecília Meireles e montam uma peça de teatro baseada no texto “As Histórias de Chicó”, de Ariano Suassuna, é apresentada para todas as turmas, além de corais e outras encenações montadas pelos próprios estudantes.

O evento é resultado de um projeto pedagógico idealizado pela professora de língua portuguesa, Gorete Lucena, que com o apoio dos professores, Klívia e Edjailson, se preparou por dois meses com os estudantes para realizar o evento na escola.

“Os alunos adquirem o gosto pela leitura quando têm o contato direto com a poesia e com as próprias obras dos escritores. O sarau também estimula a convivência, pois todo o trabalho é pensado e executado em grupo, tanto na apresentação, quanto na organização, nos ensaios e na decoração, o que desenvolve um senso de companheirismo entre todos”, pontua Gorete Lucena.

A estudante do 9º Ano, Maria Karoline, fala sobre sua experiência em ter participado de um sarau lírico e como isso contribuiu para o seu desenvolvimento pessoal.

“Essa é a primeira vez que participo de um projeto assim e estou amando. A professora é bem exigente e, graças a ela, conseguimos organizar tudo direitinho. Esse sarau contribui bastante pra nós, me ajudou a perder a timidez e a falar melhor em público também”.

O projeto está em sua terceira edição e já trouxe temas como “Eternamente Vinícus”, em que os alunos aprenderam sobre as obras do poeta Vinicius de Morais. Outra temática abordada foi “Poemas São Pássaros”, que abordou textos de escritores brasileiros, como Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles.

Bárbara Tainá, aluna do 2º Ano da Escola de Referência em Ensino de Ensino Médio Professor Antônio Farias (Erempaf), é ex-aluna da instituição e já participou de edições anteriores do projeto. A estudante fez questão de comparecer ao evento desta terça para matar a saudade.

“Tenho um laço muito forte com essa escola e com os professores. Foi aqui que eu aprendi a ser quem sou hoje. Digo aos alunos que estão participando este ano que eles aproveitem ao máximo, pois esses são conhecimentos que levamos pra toda a vida, principalmente, os aprendizados sobre ética e companheirismo”, comenta.

Last modified: 5 de novembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content