Educação Inclusiva: Coordenadores Pedagógicos participam de formação sobre inclusão social na educação

19 de fevereiro de 2019

A Secretaria de Educação realizou nesta segunda-feira (18) uma formação para os coordenadores pedagógicos da rede municipal de ensino, sob o tema “Educação Inclusiva”. O encontro aconteceu durante todo o dia no auditório da ODIP.

Dividida em dois grupos, um pela manhã e o outro no período da tarde, a formação teve o objetivo de discutir a importância da atuação do coordenador pedagógico na mediação entre a ação dos professores e profissionais da educação e o trabalho realizado com os estudantes com deficiência, na promoção de uma educação cada vez mais inclusiva no município.    

A formação incluiu palestras e atividades que foram ministradas pela Diretora do Núcleo de Atendimento Educacional Especializado de Gravatá – (NAE), Simone Rocha, com o apoio de psicólogos e assistentes sociais que ajudaram a desenvolver a temática junto aos coordenadores. 

O Coordenador da Educação de Jovens e Adultos – (EJA), Adilson Quirino, participou da reunião e falou sobre a relevância do encontro e sobre a importância da promoção da inclusão social nas instituições de ensino.

“Tivemos um grande momento de aprendizagem. Hoje, pudemos ampliar ainda mais o nosso olhar para as crianças e jovens que apresentam necessidades específicas nas nossas escolas. A capacitação nos fez buscar novos métodos para trabalhar com esses alunos. Quando você vê uma criança que antes não ia à escola por ser deficiente, fazendo as mesmas atividades que as outras já fazem, o sentimento é de gratificação e esperança”.

Os encontros de formação continuada para os coordenadores pedagógicos acontecem mensalmente e abordam diferentes temáticas que auxiliam o grupo a atuar em suas respectivas escolas diante dos desafios da educação na atualidade. 

A Diretora de Ensino Alexsandra Mary esteve presente na formação e explicou a importância das capacitações que ocorrem a cada mês e seus objetivos.

“Como somos profissionais da educação, é importante que estejamos sempre no processo de aprendizagem. As formações ajudam na troca de ideias e na execução delas, além de ser uma maneira de aprender com o outro”.

Além dos profissionais que atendem esses estudantes no horário regular de aulas, junto aos demais alunos da rede, como cuidadores e intérpretes de libras, a Prefeitura de Gravatá hoje também conta com o Centro de Inclusão de Gravatá – (CIG), que em um trabalho conjunto entre as Secretarias de Educação, Assistência Social e Saúde, prestam serviços especializados a estes estudantes.

A rede municipal de ensino também conta com salas de Atendimento Educacional Especializado – (AEE), que são espaços montados com tecnologia suficiente para desenvolver a autonomia de alunos com deficiência no horário do contraturno escolar.

O primeiro encontro com os coordenadores aconteceu neste mês e foram discutidas várias pautas, entre elas o cronograma de atividades e os calendários. A próxima formação está prevista para o dia 12 de março dando continuidade ao tema da inclusão social. Também será abordado a temática da “Semana da Família”.

Last modified: 19 de fevereiro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content