Educação Contra a Corrupção: Culminância do projeto foi realizada nesta quarta (04)

5 de dezembro de 2019

Foto: Bruno Sant’Ana/SECOM Gravatá

A Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Educação, em parceria com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), realizou na manhã desta quarta-feira (04) a culminância do projeto Educação Contra a Corrupção. O evento reuniu cerca de 400 alunos da rede municipal de ensino na quadra da Obra de Defesa da Infância Pobre (ODIP).

O projeto tem como objetivo propor uma formação crítica a estudantes de escolas públicas quanto à corrupção, para que possam combatê-la desde cedo, tornando-se adultos conscientes e responsáveis. A iniciativa estimula o debate acerca da ética e da cidadania, através de diversas atividades pedagógicas e artísticas sobre o tema na escola.

“Começar a debater esse assunto desde a infância é muito importante, porque a criança entende o que é esse problema e fica ciente do que se deve fazer para lutar contra ele. Entendemos que a escola é um espaço que tem um papel importante na orientação dos estudantes sobre essa temática”, registrou o Prefeito Joaquim Neto.

Durante a culminância, os alunos apresentaram as atividades desenvolvidos durante o projeto, como recitação de cordel, poemas, apresentações de teatro, dança e paródias.

A aluna do 9º ano Luana Dayane, da Escola Capitão José Primo, participou de uma peça sobre os atos de corrupção e falou sobre as formas de combate que aprendeu.

“É importante que os pais deem uma boa educação aos seus filhos pra que, quando eles cresçam, não cometam atos corruptos. Sem dúvida, a melhor forma de combate é a educação e o respeito pelo próximo”.

A Secretária de Educação, Iris Dias, parabenizou as escolas pelas atividades desenvolvidas e falou sobre a importância de abordar o tema através de um projeto como esse.

“Gostaria de deixar clara a minha imensa gratidão aos gestores escolares que desenvolveram esse importantíssimo projeto com os alunos. A escola deve ser um espaço de disseminação de bons valores e que transformem os alunos em cidadãos por meio de trabalhos como esse”.

No evento, compuseram a mesa o Prefeito Joaquim Neto, a secretária de Educação, Íris Dias, a diretora da ODIP, Maria Araújo, a gestora escolar do Centro de Formação do Menor Carmem de Oliveira e Silva, Joanita Rúbia, o promotor do (MPPE), Sérgio Gadelha, a promotora de Justiça Fernanda Nóbrega e a ouvidora geral do Ministério Público, Selma Magda.

Last modified: 4 de dezembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content