CAPS II promove ação em referência à luta antimanicomial

17 de maio de 2019

Fotos: SECOM – Gravatá

O Centro de Atenção Psicossocial – (CAPS II) do bairro Jardim Petrópolis, realizou nesta quinta-feira (16), uma ação entre os pacientes do centro e seus familiares que fez referência à Reforma Sanitária Brasileira, ocorrida em 18 de maio de 1987, que marca a luta por uma sociedade sem manicômios.

Na ocasião, foi exibido um documentário sobre o percurso da luta antimanicomial, para aproximadamente 60 pessoas que estavam presentes no evento. A equipe do Centro, aproveitou o momento fraterno, e, também, comemorou com os familiares e pacientes o dia mães, com direito a uma deliciosa feijoada.

“Esse momento foi para vivenciarmos e entendermos as ações sobre a luta antimanicomial. Realizamos também dinâmicas para o fortalecimento dos vínculos entre a equipe, famílias e pacientes,” explicou Catarina Elma da Luz Parente, psicóloga e coordenadora do CAPS II.

Saiba mais:

O Movimento Antimanicomial ou Luta Antimanicomial, é um processo organizado de transformação dos serviços psiquiátricos(antipsiquiatria), derivado de uma série de eventos políticos globais, baseado no discurso do médico italiano Franco Basaglia. No Brasil, é ligado a Reforma Sanitária Brasileira e, é comemorado no dia 18 de maio. O termo costuma ser usado de modo generalizante e impreciso.

Os CAPS são instituições destinadas a acolher pacientes com transtornos mentais e trabalham no intuito de estimular a integração social e familiar dos indivíduos, apoiando-os na construção de autonomia, através de atendimento médico e psicológico.

Last modified: 17 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content