Campanha nacional de vacinação contra a gripe: postos de saúde fixos e volantes estão funcionando na cidade para atender os grupos prioritários

8 de maio de 2019

Fotos: Ricardo Labastier/ SECOM Gravatá

A campanha nacional de vacinação contra a influenza continua imunizando a população do município de Gravatá. Em todas as unidades de saúde estão sendo disponibilizadas as doses. Além disso, a fim de vacinar o maior número de pessoas possível e, assim, atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para o município, que é de 95% do total dos grupos prioritários, a Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Saúde, deu início a mutirões de vacinação em pontos estratégicos da cidade, nesta quarta-feira (8), através de estruturas móveis que foram montadas.

Duas das estruturas móveis que foram instaladas para atender a população durante esta quarta foram localizadas na rua São Gabriel, nº 24, por trás do Conjunto Veneza e na rua Mandacaru, nº 409, no loteamento Santana. Desta quarta até o dia 17, duas unidades móveis também estão atendendo a população do centro da cidade. Os pontos estão localizados em frente ao prédio da Secretaria de Finanças e no prédio do Bolsa Família. Desta forma, as equipes de saúde vão até a população que reside em regiões mais distantes dos postos, oportunizando a todos as doses da vacina.

“A importância de se imunizar contra a influenza é muito grande, principalmente, para aqueles que se encontram dentro dos maiores fatores de risco, como é o caso dos idosos, por exemplo. Estamos nestes postos volantes para vir até a população e buscar ativamente quem necessita se vacinar,” conta Luciana Maria, técnica de enfermagem responsável por atender o público do loteamento Santana, localizado no bairro do Salgadão.

 

“Estamos imunizando não só contra a H1N1, mas, também, contra outros tipos de gripe. Pedimos que a população não deixe de se vacinar, pois esta é a melhor forma de prevenção contra doenças,” alerta Jefferson Bezerra, Diretor da Atenção Básica do município.

 

“Soube deste posto de vacinação aqui no bairro através de familiares e fiz questão de comparecer. Estou dentro do fator de risco devido à hipertensão e creio que a imunização é uma forma de evitar mais problemas de saúde no futuro,” ressalta Juliete de Souza, moradora do loteamento Santana, que se vacinou durante esta quarta-feira.

Só na manhã de hoje, mais de 150 pessoas foram vacinadas nos postos móveis. Tanto nas unidades de saúde fixas do município, quanto nas estruturas móveis nos bairros, os atendimentos acontecem das 8h às 13h. Na quinta-feira (9), será realizado o mutirão de vacinação no bairro do Cruzeiro, no Residencial Nova Vida, nº 3, localizado na rua Luciana Nunes, nº 47, e na rua Manoel Bandeira, por trás do Bar da Salada. Na sexta-feira (10), será a vez do bairro Porta Florada receber as equipes de imunização.

Confira os grupos prioritários:

– Crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos;
– Grávidas em qualquer período gestacional;
– Puérperas (até 45 dias após o parto);
– Trabalhadores da saúde;
– Povos indígenas;
– Idosos;
– Professores de escolas públicas e privadas;
– Pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais (problemas respiratórios, diabéticos, hipertensos, transplantados);
– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
– Funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade;
– Profissionais das forças de segurança e salvamento também passaram a fazer parte do público-alvo da campanha neste ano. De acordo com o Ministério da Saúde, o grupo inclui policiais civis, militares, bombeiros e membros das Forças Armadas.

Last modified: 8 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content