Bloco “Ki Língua é essa?” arrasta foliões para as ruas de Gravatá

2 de março de 2019

Fotos: Eduarda Reis / SECOM Gravatá

Passistas e orquestra de frevo, Rainha do Carnaval, Rei Momo, diretoria padronizada e dedicada, consolidam a tradição e organização que o bloco possui. Três trios elétricos com os cantores Geraldinho Lins, Moura Rossi e um DJ garantiram a alegria da festa.

Fundado em 1991, o Bloco “Ki Língua é essa?” leva ano após ano uma multidão de pessoas pelas ruas de Gravatá. E teve até quem se rendeu a festa e veio curtir o Carnaval pela primeira vez.

“Eu morava no exterior e lá não tem Carnaval, então na primeira oportunidade que tive vim conferir de perto esta festa que está maravilhosa” disse o mais novo folião, Douglas Fernandes.

O gravataense Lincoln Víveros marcou presença em mais uma edição do bloco e fez questão de vestir-se a caráter, com direito a fantasia.

“Os blocos de Gravatá são a essência do nosso Carnaval. Sempre venho com a família para aproveitar e arrasto os amigos também”, falou.

O Prefeito Joaquim Neto foi recebido com carinho pelos foliões e expressou sua felicidade em participar de mais uma edição do bloco.

“Não dá para falar em Carnaval de Gravatá sem citar os tradicionais blocos, como este, que tem um significado muito especial para tanta gente, que consolida nossa cultura e traz alegria para nosso povo.” Frisou o prefeito.

Hoje, sábado de Zé Pereira, a brincadeira continua para saber quem é a personalidade mascarada que será homenageada na festa de Momo. E será dada a largada no Gravatá Jazz Festival, com apresentações de grandes artistas locais, nacionais e internacionais.

Last modified: 2 de março de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content