Atividades equestres aquecem a economia em Gravatá

27 de maio de 2017

Fotos: Allan Torres / SECOM Gravatá

Um dos principais criatórios de cavalos do Brasil, Gravatá é destaque pela qualidade dos equinos, que atraem criadores de todo canto do mundo.

A tradição e paixão por esses animais possui um reflexo muito positivo na economia local. Atividades como corridas, leilões, vaquejadas, cavalgadas, provas de competição e Turismo rural movimentaram nas últimas semanas cerca de 8 milhões de reais.

Leilões de cavalos campeões chamaram a atenção e trouxeram ao município investidores do ramo equestre de todo o Brasil. O leilão Haras Ribeiro Leite, vendeu 2,2 milhões de reais, cerca de 38 mil por animal. O Haras Velocidade Nordeste, arrecadou 2 milhões, cerca de 52mil por cabeça e o leilão Haras Bonsucesso, realizado nesta sexta (26), arrecadou 3,8 milhões, uma média de 121 mil por cavalo. Números que consolidam o potencial do turismo equestre em Gravatá e incrementam a economia local.

Na Próxima semana a tradicional Festa do Cavalo será realizada no município e promete mais uma vez destacar Gravatá como destino certo na hora de escolher os melhores cavalos de raça.

Last modified: 27 de maio de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *