Alunos das escolas da rede municipal realizam a prova da OBMEP nesta terça (21)

21 de maio de 2019

Foto: Bruna Oliveira/SECOM Gravatá

Na manhã desta terça-feira (21), os alunos da rede municipal de ensino participaram da primeira fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) que já está em sua 15ª edição. A prova tem o objetivo de avaliar o desempenho de alunos e professores das escolas públicas e privadas de todo o país na disciplina de matemática.

Para preparar os estudantes da rede municipal de ensino para enfrentarem a maratona, a Secretaria Municipal de Educação organizou uma série de aulões que foram ministrados por professores da área. A Gestora da Escola Capitão José Primo de Oliveira, Carla Regina, comentou sobre a iniciativa e sobre suas expectativas para o resultado.

“Creio que o resultado desse ano será ótimo. A Secretaria de Educação nos deu um grande apoio através dos aulões aos sábados e, assim, ofereceu uma grande preparação para os nossos alunos. Quando os jovens veem nossa dedicação, eles também despertam o desejo de se empenharem para garantir um bom resultado na prova”.

A professora de matemática, Rosimery Maria, falou como preparou seus alunos do 7º Ano para a prova desta primeira fase.

“Eu trouxe para a sala atividades do nível da OBEMEP para que meus alunos ficassem bem preparados e já habituados com a estrutura da prova. Além disso, foquei bastante nos conteúdos e habilidades matemáticas exigidas na atualidade. Creio que eles serão aprovados e conseguirão passar para a próxima fase da competição”.

A estudante do 6º Ano da Escola Capitão José Primo de Oliveira, Luciana Maria, fez a prova e comentou sobre seu desempenho.

“Estudei bastante pra essa prova. Já me inscrevi na OBMEP outras vezes, mas gostei mais da prova desse ano. Por isso, acho que agora terei um resultado melhor, já que, também, tivemos aulões que nos prepararam mais. Agora, é só torcer e esperar o resultado”.

A Gerente dos Programas de tempo Integral,, Ivany Bezerra visitou as escolas para saber como está o desempenho dos estudantes e dar apoio.

“Temos que estar juntos dos alunos nestes momentos. Pois assim nós fortalecemos os alunos e passamos uma segurança para eles. Sempre acreditamos neles e queremos demonstrar isso por meio da nossa presença”, comentou.

As inscrições para participar da OBMEP são gratuitas e são realizadas previamente nas próprias escolas. As provas são distribuídas em três níveis, de acordo com a complexidade de questões exigidas para cada etapa de ensino. O primeiro nível inclui estudantes do 6º e 7º Anos, o segundo engloba os 8º e 9º Anos, enquanto que o terceiro nível é destinado para os estudantes do Ensino Médio. Além disto, a olimpíada é dividida em duas fases. A primeira consiste na aplicação de uma prova objetiva contendo 20 de questões de múltipla escolha e a segunda, que será aplicada no dia 28 de setembro, é composta por uma prova com nível de dificuldade maior que contem seis questões discursivas.

A OBMEP é realizada pelo Ministério da Educação e, ao todo, as premiações serão dadas aos 6 mil e 500 estudantes brasileiros melhor colocados ao final da olimpíada. Os prêmios incluem medalhas de ouro, prata e bronze, além de bolsas de Iniciação Científica Jr. Do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), por exemplo.

Para saber mais sobre a OBMEP, acesse: http://www.obmep.org.br/apresentacao.htm

Last modified: 21 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content