Alunos da rede municipal se destacam em concurso de poesia

30 de novembro de 2018

Na noite desta quinta-feira (29), foi realizada a premiação do 2º Concurso de Poesia, promovido pela Academia de Letras e Artes de Gravatá – (ALAG). O evento foi realizado no Auditório da Secretaria Municipal de Educação e contou com a presença dos escritores premiados, membros da ALAG, professores, autoridades e o público em geral.

O concurso foi dividido em duas categorias. A primeira foi “Talentos Jovens”, que teve a inscrição de 56 estudantes com até 18 anos matriculados em qualquer rede de ensino. A segunda, “Talentos Adultos”, teve 40 poetas acima de 18 anos inscritos. Ao todo, poetas entre 8 e 88 anos participaram da competição.

A Presidente da ALAG, Sra. Célia Soares, destaca que se surpreendeu com a qualidade das poesias avaliadas no concurso.

“Ficamos atônicos ao ver a quantidade de poesias bonitas. Emocionei-me várias vezes ao ler algumas delas e isso me deixa extremamente feliz, porque eu sei que nossa cidade tem grandes escritores e precisamos estimular isso. Esse concurso veio para coroar o nosso trabalho acadêmico nas escolas”, disse.

O grande destaque da noite foi para a Escola Municipal Francisco Galdino Chaves, localizada no distrito de Russinhas. O aluno do 8º ano Thiago Paulo da Silva, 14 anos, foi o grande vencedor na categoria “Talentos Jovens”. Com o poema intitulado “Um anjo sozinho no céu”, o adolescente conquistou a primeira colocação. O brilho da escola não ficou por aí e levou, também, a segunda colocação com o poema “Força”, escrito pelo ex-aluno Ewerton da Silva, na mesma categoria.

“Eu sempre gostei de escrever, mas nunca tinha participado de concurso nenhum. A escola me incentivou bastante e eu decidi participar e, para minha surpresa, fui o vencedor. Estou muito feliz. Isso me motiva a continuar escrevendo e a participar de novos concursos”, disse Thiago.

A rede municipal também foi muito bem representada pelo aluno João Augusto Ferreira, 15 anos, da turma do Escola Intermediária João Paulo I, do distrito de Mandacaru. O seu poema, chamado “O Meio ambiente chora”, se classificou entre dez melhores avaliados.

O campeão da modalidade “Talento Adulto” foi o professor de Língua Portuguesa José Heli Medeiros de Andrade, com o poema “A chegada da Seca”, abordando a peleja nordestina no sertão.

Grande incentivadora do concurso, a Secretária de Educação, Iris Dias, parabenizou todos os escritores e professores que se engajaram no projeto.

“Que esses jovens sirvam de exemplo e que os professores que os estimularam a escrever poesias possam multiplicar esta iniciativa com seus colegas de profissão. Fico muito feliz ao ver nossos alunos sendo premiados e ver tanta gente talentosa participando e se dedicando ao mundo da literatura”, falou.

O Prefeito Joaquim Neto relembrou sua trajetória marcada pela vontade de aprender e de sua dedicação aos estudos.

“Aprendi a ler e a escrever em uma turma multisseriada. Lá, minha mãe foi minha primeira professora. Sempre tive em mente que a educação é a base de qualquer avanço para a nossa sociedade e, é por isso, que hoje, como prefeito, busco proporcionar oportunidades e contribuir ao máximo para que nossos alunos possam ir cada vez mais longe”, destacou.

Todos os 96 poemas serão reunidos em um livro que será lançado em 2019. Os 96 poetas ganharam um certificado de participação e os vencedores foram contemplados com kit literário, jantar e premiações em dinheiro.

Last modified: 30 de novembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content