Alunos da Escola Municipal Amenayde Farias são campeões em concurso estadual de frevo e forró

30 de abril de 2019

Fotos: Ricardo Labastier / SECOM Gravatá

Os alunos da Escola Municipal Amenayde Farias brilharam mais uma vez e conquistaram o bicampeonato no concurso estadual de dança promovido pela Polícia Militar.

O evento foi realizado nesta segunda-feira (29), na capital pernambucana. Sete municípios participaram e competiram em duas categorias: frevo e forró. A escola Amenayde Farias, que já se consagrado campeã na última edição, realizada em 2016, confirmou o favoritismo e alcançou o título de bicampeã na modalidade forró, com a dupla de alunos Jameson Joaquim e Jamile Katlen,

“Eu amo dançar e fico muito feliz em poder representar minha escola e minha cidade em um concurso como este. Me sinto valorizada porque tenho tido oportunidades de fazer o que eu gosto e ser reconhecida por isto na escola”, disse Jamile.

Na categoria frevo, os ex-alunos do Amenayde também fizeram bonito e conquistaram a medalha de prata. Manoela Franciele e Matheus César frevaram o hino de Pernambuco e encantaram os jurados. 

Para que o projeto chegasse a este resultado foi necessário o apoio de funcionários, colaboradores e cerca de 60 alunos do 8º e 9º ano, que acompanharam desde as pesquisas iniciais até o resultado final, onde foram em caravana até Recife para torcer pelos colegas. A Secretaria Municipal de Educação deu todo o suporte aos alunos e viabilizou o transporte para a competição.

“É motivante!  Uma das coisas que faz com que a educação funcione de fato é quando a gente consegue ver que além das disciplinas curriculares normais, como português e matemática, a gente também insere a música e proporciona aprendizado, fazendo do ambiente escolar mais agradável e atrativo”, disse Janaina Lúcia, diretora da Escola Amenayde Farias.

O prefeito Joaquim Neto fez questão de receber a comitiva e parabenizar os alunos pelo excelente resultado.

“Quando eu falo sobre o talento dos jovens gravataenses eu me baseio em histórias assim, onde nossos meninos fazem bonito quando possuem oportunidade. A escola vai muito além de ensinar o didático, ela explora a arte e estimula o potencial de cada aluno. Estou muito orgulhoso!” Afirmou.

Last modified: 30 de abril de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content