Alunos da Escola Amenayde Farias do Rego Barros recebem o projeto “Cumade Fulozinha” nesta terça (14)

14 de maio de 2019

Foto: Bruna Oliveira/SECOM Gravatá

Na manhã desta terça-feira (14), os alunos da Escola Amenayde Farias do Rego Barros receberam o projeto “Cumade Fulozinha”, através da palestra “Sensibilização e Capacitação”, ministrada pelo Supervisor Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, Mario Alves.

O projeto surgiu da parceria entre as Secretarias de Educação e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rual. O objetivo é difundir, entre os professores e estudantes da rede municipal de ensino, o sentimento de valorização da cultura e dos recursos naturais de Gravatá, através de aulas passeio e de palestras nas escolas que abordam, tanto a história, quanto os aspectos relacionados à preservação do meio ambiente, através das características da fauna e da flora do município. Mário Alves explica que a escolha do nome do projeto se deu devido à lenda popular de que o espírito de “Cumade Fulozinha” é responsável pela proteção das matas.

“Trouxemos esta temática para apresentar a história da nossa cidade e do nosso ecossistema. Nossa equipe da secretaria percebeu a necessidade de discutir esses temas nas aulas e ir além das matérias escolares. Esperamos que os alunos multipliquem esse sentimento de pertencimento e valorização à Gravatá”, pontuou o palestrante Mário Alves.

A Coordenadora Pedagógica da Escola Amenayde Farias do Rego Barros, Susile Ribeiro, comentou a importância em se discutir esses temas entre a comunidade escolar através de projetos.

“Aqui na escola já desenvolvemos alguns projetos que tratam da conservação do meio ambiente, como o que incentivou a preservação do rio Ipojuca e a separação correta do lixo para a reciclagem, por exemplo. Projetos como esse que veio até a escola hoje só somam, já que as informações que são trazidas nessas palestras são importantes instumentos para a construção do conhecimento e conscientização da preservação ambiental”.

Cerca de 160 jovens das turmas dos 7º e 8º Anos assistiram à palestra e comentaram o quanto gostaram do projeto. Este foi o caso da estudante Maria Emile do 7º Ano, que fez questão de dizer o que aprendeu durante o evento.

“Esta palestra nos incentivou ainda mais a preservar o meio ambiente. Ela nos ajudou a ter consciência de que ao destruirmos uma floresta, também estamos fazendo um mal a nós mesmos. É muito importante ter esse conhecimento e aprender sobre nossa cultura”.

Outra estudante que também marcou presença na palestra foi Milena Lima, também do 7º Ano. Ela falou sobre a importância de participar da palestra.

“Aqui aprendemos muitas coisas que não vemos todo dia em sala de aula. A gente aprendeu bastante coisa sobre a natureza de Gravatá e isso é importante pra nós que moramos aqui”.

Last modified: 14 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content