A gravataense Junina Traquejo é uma das grandes finalistas do Concurso de Quadrilhas da Globo Nordeste

11 de junho de 2019

Fotos: Fernando da Hora / SECOM Gravatá

A quadrilha gravataense Junina Traquejo mais uma vez se destaca em concursos estaduais e teve o 2º melhor resultado na fase classificatória do 31º Festival de Quadrilhas Juninas da Globo Nordeste, garantindo a vaga na grande final, que será realizada neste domingo (16), na quadra do Sesc, na cidade de Goiana – PE.

Composta por 120 integrantes, incluindo dançarinos, atores e equipe de produção e coordenação, a quadrilha vem com uma proposta diferente na edição de 2019, dividindo o elenco entre cangaceiros e ciganos, um dos pontos positivos que agradou os jurados e também o público.

“Estamos muito felizes com o resultado e daremos o nosso melhor na grande final. É um trabalho em equipe, onde viramos madrugadas e nos dedicamos por meses para deixar tudo pronto. A Traquejo, que começou em 2006 como uma quadrilha de escola, hoje está disputando entre as maiores de Pernambuco, é a realização de um sonho”, disse o coreógrafo Wanderson José.

Com o tema NORDESTINADOS, a quadrilha faz uma homenagem ao poema de Patativa do Assaré, Nordestino sim, Nordestinado não, que em suas estrofes relata a sina do povo do Nordeste em ter que conviver com a seca e a desigualdade social, mas que a garra e a fé faz com que não seja aceito o destino de sofrimento e que os nordestinos lutam para mudar a realidade e diariamente batalham por uma vida melhor. O tema também é título de uma das obras literárias mais famosas do escritor pernambucano Marcos Accioly.

A quadrilha conquistou o título de campeã pernambucana em 2013 e ficou em terceiro lugar no Nordeste e quarto no Brasil no mesmo ano. Após um hiato de três anos anos, ela retornou em 2017 e se consagrou campeã do concurso de Agrestina e fez dobradinha no ano seguinte, sendo a atual bicampeã. A Traquejo aguarda os resultados de mais concursos que está participando em 2019.

O prefeito Joaquim Neto afirma que a classificação da Traquejo é uma conquista de todos os gravataenses e ressalta a importância da valorização dos artistas locais.

“É a nossa cultura sendo espalhada e nossos artistas ganhando o reconhecimento que merecem. A volta do nosso São João Comunitário tem proporcionado que os grupos de dança apresentem para o povo todo o talento que nossos jovens possuem. Parabenizo a todos que fazem a Traquejo, vamos juntos torcer por nossos representantes nesta grande final”, falou.

A Traquejo estreou nesta segunda-feira (10) no São João Comunitário e foi recebida com muito carinho pelos moradores do Largo da Caixa d’Água, no Bairro Novo. A próxima apresentação da quadrilha será na Amaury de Medeiros, na próxima quarta-feira (12).

Last modified: 11 de junho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content