Gravatá recebe visita de técnicos da CODECIPE para analisar danos causados pelas chuvas

31 de maio de 2017

Fotos: Anderson Souza / SECOM Gravatá

Após decretar estado de emergência em decorrência dos danos causados pelas chuvas que atingiram a região nos dias 27 e 28 de maio, onde foi registrado 173mm de chuva nas zonas urbanas e rurais de Gravatá, a Prefeitura tem contado com a mobilização da sociedade local, bombeiros civis, escoteiros e com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, para superar as dificuldades enfrentadas pela população.

O decreto nº026, publicado no domingo (28), explica que as chuvas ocasionaram muitos alagamentos na zona rural gravataense, danificando estradas e escolas, desabrigando famílias e causando danos materiais à população.

Equipes das secretarias municipais acompanharam os representantes da CODECIPE (Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco) que vieram ao município para averiguar a situação, mapear as áreas mais afetadas e fazer a junção de informações para homologar o decreto municipal junto ao Estado. A visita teve um papel fundamental para que os processos sejam agilizados.

“Estivemos nos locais apontados pela prefeitura e identificamos os danos, diante disso iremos passar as informações ao Estado e agilizar o aporte para que os recursos possam vir ao município.” Afirmou o Tenente Ronievon, representante do CODECIPE.

Esse aporte irá possibilitar a restauração das estruturas danificadas e minimizar o sofrimento de famílias gravataenses.

Last modified: 31 de maio de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *