AULAS INICIAM NO DIA 20 DE FEVEREIRO COM MERENDA DE QUALIDADE, TRANSPORTE ESCOLAR E ESCOLAS REABERTAS NA ZONA RURAL

7 de fevereiro de 2017

O início das aulas eletivas na rede municipal de Gravatá acontecerá somente no dia 20 de fevereiro, alguns dos motivos para a prorrogação são: a reabertura de escolas fechadas pela gestão anterior, solução de problemas relativos a merenda escolar,  a demanda de matrículas e  a reorganização na infraestrutura dos transportes escolares, sem condições para atender aos alunos.

As condições dos transportes escolares de Gravatá é crítica. Ao ser realizada a manutenção, a Secretaria de Infraestrutura e Transportes deparou-se com veículos em estado de calamidade e teve que fazer uma operação maior que a prevista para restaurar os ônibus escolares.

“Os ônibus não tinham condições de circular, eles estavam se arrastando e colocando a vida de muitas crianças em risco. Quebravam na estrada o tempo todo, os reparos eram sempre feitos pela metade.” Afirmou Fernando Alves, responsável pela manutenção dos automóveis, que disse que sendo realizada a troca de pneus, manutenção dos freios, suspensão, luzes e instalação elétrica, tudo isso para garantir um melhor conforto e segurança para os alunos.

O coordenador de Transportes Túlio Júnior, convocou os estudantes para a força tarefa. “A Prefeitura está pensando em cada aluno, oferecendo transporte de qualidade para todos. Porém vimos alguns ônibus depredados, isso também é decorrente ao mau uso. É preciso cuidar do patrimônio público, cada um faz sua parte.”

Em reunião na semana passada, entre representantes da Secretaria de Educação, Segurança Pública e Ação Social, ficou definido que o pais assinarão um Termo de Responsabilidade no início das aulas, no qual irão responder judicialmente junto aos filhos que danificarem o patrimônio público. Quem depredar ônibus ou estrutura escolar  terá que ressarcir o município e será encaminhado às autoridades responsáveis.

Além da restauração dos transportes, outro ponto que está sendo resolvido é a licitação para merenda escolar com melhor qualidade. A secretária de Educação, Ana Patrícia falou sobre o impacto que essas ações terão sobre os alunos.

“Essas medidas terão influência direta na vida dos estudantes que precisam de segurança ao serem transportados e precisam ter uma alimentação adequada para se obter resultados melhores e mais significativos em sua aprendizagem.”

As matrículas ainda estão abertas, qualquer cidadão que queira estudar, independente de idade, pode procurar a escola mais próxima da sua casa e apresentar os documento de identidade, CPF e comprovante de residência. No caso de menores, deve levar RG do menor ou certidão de nascimento.

Last modified: 14 de fevereiro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *