10 bons motivos para curtir o São João de Gravatá

21 de junho de 2019

Fotos: SECOM Gravatá

Que Gravatá é conhecida como um lugar para se estar quando o assunto é curtir o São João já não é mais novidade. Não é à toa que a cidade é um dos principais e mais tradicionais destinos turísticos procurados durante os festejos do mês de junho na região. Diante dos diversos atrativos da Suíça Pernambucana, como é popularmente conhecida, listamos os dez bons motivos que justificam a preferência e a vinda de pessoas de diversos lugares para curtirem os festejos no município.

1 – Posição Geográfica

Gravatá está localizada em um ponto estratégico, a apenas 84km da capital pernambucana e com acesso duplicado pela BR 232.

 

2 – Clima agradável

De junho a agosto, os termômetros registram temperaturas mais baixas, sendo possível utilizar as tendências de inverno, como as elegantes botas e casacos de couro, além de se poder dançar um forró mais agarradinho para se esquentar.

 

 

3 – Programação em três polos

Em 2019, além das atrações do polo do Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar com shows de artistas de renome nacional, como Leonardo, Gustavo Mioto, Léo Magalhães, Mano Walter, Saia Rodada e outros gigantes do forró e do sertanejo,também há um polo especial para quem quer arrastar o pé a noite inteira, que é o Polo da Sanfona, localizado na av. Joaquim Didier, que também dispõe de uma cidade cenográfica e que oferece bebidas, produtos e petiscos característicos da cidade. Como se não bastasse, os dias de programação junina também contam com os já tradicionais shows que acontecem no polo do Mercado Cultural.

4 – Gastronomia

O cardápio diversificado proporciona opções que vão desde a comida regional até o fondue e o bom vinho. O município dispõe de uma rede de bares e restaurantes para todos os gostos.

 

 

5- Segurança

Os eventos em Gravatá vêm se destacando pela organização na infraestrutura e segurança. O número de ocorrências policiais registradas nos últimos anos é quase nulo, o que vem atraindo cada vez mais famílias para os polos de animação. De acordo com a Polícia Militar, no último final de semana (14 e 15 de junho), foi registrado um público de aproximadamente 70 mil pessoas por noite e nenhum Boletim de Ocorrência.

6 -Resgate da Cultura

As tradições juninas são valorizadas. Nos bairros e distritos, é celebrado todos os dias o São João Comunitário, com quadrilhas, trios pé de serra, distribuição de comidas típicas e até sorteio de brindes. A Maratona do Forró também é um dos pontos altos da festa, em que a competição consiste no casal que mais tem resistência para forrozar, chegando a mais de 24 horas de provas nas últimas edições.

7 – Turismo Rural e de Aventura

Para quem quer curtir um pouco de calmaria e desfrutar de um passeio em reservas ambientais, longe da agitação da cidade, Gravatá também é o lugar certo. Mas se você tiver um espírito mais aventureiro, também poderá desfrutar de esportes radicais. O Parque Karawá Tã será inaugurado neste sábado (22), proporcionando uma variedade de equipamentos e brinquedos para curtir com os amigos experiências inesquecíveis.

8- Polo Moveleiro

Uma das principais ruas da cidade, a Duarte Coelho, é referência no ramo de móveis, antiguidades e artesanato. Durante o período junino, há peças especiais para a decoração dessa época. Lá, também está sendo realizado o Arraiá do Cidadão, onde estão sendo ofertados serviços de saúde, recreação e renegociações de débitos tributários com descontos.

9 – Rede Hoteleira

São quase 4 mil leitos disponíveis nos hotéis e pousadas de Gravatá. Das mais simples instalações, aos sofisticados resorts, spas e hotéis fazendas, há opções que cabem no bolso e agradam a todos os públicos.

 

10 – Povo Hospitaleiro

Por unanimidade, o grande diferencial de Gravatá é o gravataense. Quem vem ao município é acolhido de braços abertos e se sente em casa.

Last modified: 21 de junho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content